Conheça nossos Livros

EROTISMO
Promoção Imperdível!
La Cucina
com 15% de desconto

De:
R$ 79,00
Por:
R$ 67,15
+ frete fixo
R$ 11,00
Compre o livro La Cucina - Um Romance Siciliano com 15% de desconto pelo PagSeguro

Compre pelo PagSeguro, clicando no botão acima!
Ou se preferir comprar pela Amazon, clique no botão abaixo!

Compre o livro La Cucina - Um Romance Siciliano na Amazon

“La Cucina – Um Romance Siciliano”, de Lily Prior, em formato impresso (322 páginas), é o primeiro romance publicado pela Editora Degustar, que tem como foco conteúdos eróticos, gastronômicos, de viagens, todas as coisas boas e prazerosas da vida…

La Cucina - Um Romance Siciliano

Título: La Cucina
Subtítulo: Um Romance Siciliano
Autora: Lily Prior
Tradução: José Manoel Bertolote
Capa, projeto gráfico e foto: Lamberto Scipioni
Gênero: Literatura Erótica, Gastronomia, Romance
Idioma: Português
Ano: 2021
Nº de páginas: 322
Edição:
Formato impresso: 16 X 23 cm
Acabamento: Brochura
ISBN: 978-65-990326-7-7
Preço: R$ 79,00

“Comer uma boa comida, signorina, é como fazer amor.”

La Cucina, de Lily Prior, é o primeiro romance publicado pela Editora Degustar, que tem como foco conteúdos eróticos, gastronômicos, de viagens, todas as coisas boas e prazerosas da vida.

La Cucina é um romance gastronômico erótico, que se passa na Sicília com todos as aventuras que essa região da Itália oferece. Suspense, tragédia, amor e ódio, “famíglia” siciliana típica, a Máfia, assassinatos cobrando a honra, tudo em uma pequena região siciliana, com seus nascimentos e mortes, e sobretudo com seu grande amor pela comida.

Rosa Fiore trabalhando a massa descarrega toda sua dor pela morte do homem amado, transborda de paixão quando na imensa mesa de carvalho sua, amassa e esquece. Prepara o molho fumegante, vermelho da cor do sangue de seu amado Bartolomeu, serve os espagheti na mesma mesa de carvalho onde nascem as crianças, são velados os mortos e a família se reúne com os serviçais para comer depois de um longo trabalho no campo.

É cozinhando que descobre o amor e a paixão ao preparar a comida para seu Inglese. “uma boa comida signorina é um ato de amor”. A arte culinária e a arte amorosa se completam.

Com as cores da Sicília, a intensidade das paisagens, a brutalidade dos homens, o cheiro da terra e os sabores das frutas e legumes você embarca em uma viagem paradisíaca e ao final fica a sensação de quero mais.

A edição brasileira tem um apêndice com as receitas que Rosa Fiore e o Inglese preparam e saboreiam. É a única entre as centenas de edições publicadas em outros países que tem as receitas, uma exclusividade que a Editora Degustar apresenta aos leitores com a intenção que cozinhem juntos, divirtam-se e saboreiem amorosamente, se não em uma mesa de carvalho, em uma mesa comum, na cama, no chão, onde possam fazer a boca explodir de sabores e de beijos, lambuzados, ardentes e gulosos.

La Cucina é uma celebração da vida, da paixão, da família e da comida. Degustem com prazer!!!

Quer ler um capítulo de “La Cucina” para conhecer?
Clique aqui e baixe o Capítulo 1 do livro.

***

Saiu na IMPRENSA

Publicações:

* 100fronteiras.com (21/03/21) – “Livro: La Cucina – Um romance Siciliano por Lily Prior”. Para ler clique aqui.

* Programa Metrópolis – TV Cultura (26/02/21)
Assista ao vídeo com a matéria sobre o livro “La Cucina” em nosso Instagram (@degustareditora): clique aqui

* Revista Isto É (online): “Editora estreia com o romance La Cucina, uma aventura gastronômica e erótica”. Para ler, clique aqui.

* Revista Menu (online):“Editora estreia com o romance La Cucina, uma aventura gastronômica e erótica” Para ler, clique aqui.

R$ 33,90
Versão e-book Kindle à venda exclusiva na Amazon
Compre o e-book Kindle de La Cucina - Um Romance Siciliano na Amazon

“La Cucina – Um Romance Siciliano“, de Lily Prior, em formato e-book Kindle (354 páginas), é o primeiro romance publicado pela Editora Degustar, que tem como foco conteúdos eróticos, gastronômicos, de viagens, todas as coisas boas e prazerosas da vida…

E-book Kindle "La Cucina - Um Romance Siciliano"

Título: La Cucina
Subtítulo: Um Romance Siciliano
Autora: Lily Prior
Tradução: José Manoel Bertolote
Capa, projeto gráfico e foto: Lamberto Scipioni
Gênero: Literatura Erótica, Gastronomia, Romance
Idioma: Português
Ano: 2021
Nº de páginas: 354
Edição:
Formato: livro digital / e-book Kindle
ISBN: 978-65-990326-8-4
Preço: R$ 33,90

“Comer uma boa comida, signorina, é como fazer amor.”

La Cucina – Um Romance Siciliano, de Lily Prior, é o primeiro romance publicado pela Editora Degustar, que tem como foco conteúdos eróticos, gastronômicos, de viagens, todas as coisas boas e prazerosas da vida.

La Cucina é um romance gastronômico erótico, que se passa na Sicília com todos as aventuras que essa região da Itália oferece. Suspense, tragédia, amor e ódio, “famíglia” siciliana típica, a Máfia, assassinatos cobrando a honra, tudo em uma pequena região siciliana, com seus nascimentos e mortes, e sobretudo com seu grande amor pela comida.

Rosa Fiore trabalhando a massa descarrega toda sua dor pela morte do homem amado, transborda de paixão quando na imensa mesa de carvalho sua, amassa e esquece. Prepara o molho fumegante, vermelho da cor do sangue de seu amado Bartolomeu, serve os espagheti na mesma mesa de carvalho onde nascem as crianças, são velados os mortos e a família se reúne com os serviçais para comer depois de um longo trabalho no campo.

É cozinhando que descobre o amor e a paixão ao preparar a comida para seu Inglese. “uma boa comida signorina é um ato de amor”. A arte culinária e a arte amorosa se completam.

Com as cores da Sicília, a intensidade das paisagens, a brutalidade dos homens, o cheiro da terra e os sabores das frutas e legumes você embarca em uma viagem paradisíaca e ao final fica a sensação de quero mais.

A edição brasileira tem um apêndice com as receitas que Rosa Fiore e o Inglese preparam e saboreiam. É a única entre as centenas de edições publicadas em outros países que tem as receitas, uma exclusividade que a Editora Degustar apresenta aos leitores com a intenção que cozinhem juntos, divirtam-se e saboreiem amorosamente, se não em uma mesa de carvalho, em uma mesa comum, na cama, no chão, onde possam fazer a boca explodir de sabores e de beijos, lambuzados, ardentes e gulosos.

La Cucina é uma celebração da vida, da paixão, da família e da comida. Degustem com prazer!!!

Quer ler um capítulo de “La Cucina” para conhecer?
Clique aqui e baixe o Capítulo 1 do livro.

***

Saiu na IMPRENSA

Publicações:

* 100fronteiras.com (21/03/21) – “Livro: La Cucina – Um romance Siciliano por Lily Prior”. Para ler clique aqui.

* Programa Metrópolis – TV Cultura (26/02/21)
Assista ao vídeo com a matéria sobre o livro “La Cucina” em nosso Instagram (@degustareditora): clique aqui

* Revista Isto É (online): “Editora estreia com o romance La Cucina, uma aventura gastronômica e erótica”. Para ler, clique aqui.

* Revista Menu (online):“Editora estreia com o romance La Cucina, uma aventura gastronômica e erótica” Para ler, clique aqui.

R$ 55,00

Compre pelo PagSeguro, clicando no botão acima!
Ou se preferir comprar pela Amazon, clique no botão abaixo!

Compre o livro A História da V - Abrindo a Caixa de Pandora na Amazon

É a sede do prazer sexual feminino, a sede da criação da humanidade e o canal do nascimento. É também um potente estimulante sexual. No entanto, sabemos menos sobre a vagina – sua estrutura e sua função – do que sobre…

A História da V - Abrindo a Caixa de Pandora

Título: A História da V
Subtítulo: Abrindo a Caixa de Pandora
Autora:
Catherine Blackledge
Tradução: José Manoel Bertolote
Gênero: Literatura Erótica
Ano: 2004
Nº de páginas: 312
Formato: 14 X 21 cm
Acabamento: Brochura
ISBN: 8598927015
Preço: R$ 55,00

O livro

É a sede do prazer sexual feminino, a sede da criação da humanidade e o canal do nascimento. É também um potente estimulante sexual. No entanto, sabemos menos sobre a vagina – sua estrutura e sua função – do que sobre qualquer outro órgão do corpo humano. Por quê?

A História da V examina como o sexo da mulher tem sido (mal)entendido ao longo dos séculos e mesmo hoje. Há muito se necessitava de uma revisão. Mais de dois mil anos de desinformação resultaram em que no Ocidente não se mostra a vagina nem se fala dela; quando esse órgão é mostrado em público, normalmente isso é considerado pornografia; de todos os órgãos do corpo humano, a vagina permanece o mais nebuloso, mitológico e distorcido. No passado, a Medicina apresentou mal a anatomia sexual feminina e reduziu suas notáveis capacidades à noção de um simples receptáculo passivo. Mas, como mostra este livro, a ciência finalmente começa a revelar as verdadeiras estrutura e função do sexo feminino, e a natureza dinâmica do papel da vagina em relação tanto ao prazer sexual como à reprodução. O resultado é uma verdadeira revolução vaginal.

De um amplo alcance que cobre a pré-história, a história antiga, a linguística, a mitologia, a teoria da evolução, a biologia reprodutiva e a medicina, Catherine Blackledge desvenda as maravilhas escondidas das formas femininas.

Conteúdo:

1. A origem do mundo
2. Femália
3. Uma revolução de veludo
4. Os segredos de Eva
5. Abrindo a caixa de Pandora
6. O jardim perfumado
7. A função do orgasmo
8. Inúmeras ilustrações em cores e em branco e preto

Sete fatos fascinantes relativos às mulheres
1. A vulva é uma imagem mais comum de toda a pré-história.
2. A vagina é cega.
3. Os fetos femininos se masturbam no útero, e têm orgasmo.
4. A vagina tem um delicado ecossistema interno capaz de funcionar como guarda-costas e como leão-de-chácara de espermatozoides.
5. O nariz e os genitais estão intimamente relacionados, e o nariz também tem um clitóris.
6. O orgasmo feminino se desenvolveu a partir da necessidade de controlar e coordenar o movimento dos óvulos e dos espermatozoides no interior da genitália feminina.

O que se diz

“A autora é uma pesquisadora fenomenal, e cheia de entusiasmo a respeito de seu tema. Este é o estudo mais persuasivo, completo e abrangente que se poderia desejar.”
The Guardian

“Percorrendo as interpretações históricas, antropológicas, médicas, religiosas e artísticas desse órgão multifacetado [Blackledge] proporciona um guia meticuloso, não apenas sobre a vagina mas sobre as percepções cambiantes da feminilidade.”
The Observer

“Um livro que esclarece e fortalece as mulheres.”
Irish Times

A autora
A Dra. Catherine Blackledge nasceu em 1968. Graduada e doutora em Ciências, ela trabalha como jornalista científica e médica e atua como free-lancer em emissões de rádio e de televisão da Inglaterra.

R$ 44,00

Compre pelo PagSeguro, clicando no botão acima!
Ou se preferir comprar pela Amazon, clique no botão abaixo!

Compre o livro Cunilíngua|Felação na Amazon

Editora Degustar traz ao Brasil guias definitivos do sexo oral “Cunilíngua – a arte do sexo oral em mulheres” e “Felação – a arte do sexo oral em homens” desmistificam os segredos do sexo oral bem resolvido…

CUNILÍNGUA - A arte do sexo oral em mulheres | FELAÇÃO – A arte do sexo oral em homens

Título: CUNILÍNGUA – A arte do sexo oral em mulheres | FELAÇÃO – A arte do sexo oral em homens
Autor: 
Gèrard Leleu
Gênero: Literatura Erótica
Ano: 2015
Edição: 1ª
País de origem: França
Nº de páginas: 256
Formato: 11,0 cm x 18,0 cm
Acabamento: brochura
ISBN: 978-85-98927-15-2
Preço: R$44,00

Editora Degustar traz ao Brasil guias definitivos do sexo oral “Cunilíngua – a arte do sexo oral em mulheres” e “Felação – a arte do sexo oral em homens” desmistificam os segredos do sexo oral bem resolvido.

O ano é 2015, mas as posturas, tabus e sofreres não são muito diferentes da humanidade em seus primórdios. Se falar de sexo ainda pode ser considerado um assunto delicado em algumas rodas ou entre alguns casais, imagine falar das diversas modalidades sexuais.

O livro

São 2 livros em 1: Cunilíngua e Felação (ambos 123 páginas), lançamentos deste mês da Editora Degustar, o autor Gérard Leleu, médico francês e renomado sexólogo terapeuta de casais, propõem ao leitor mais do que o entendimento desses órgãos e seu funcionamento quanto às atividades do prazer sensorial. Com uma linguagem desnuda e simples o autor oferece informação e entretenimento no seu estado puro e informação proveitosa, clara, amistosa. A começar pelos títulos das obras, que por si só já denotam a função da boca e da língua na atividade mais íntima do ato sexual.

Em Felação, apresenta-se e discute-se desde o formato do pênis e suas terminações nervosas, passando pelos detalhes de preferências masculinas sobre como se prefere receber o sexo oral, às questões pertinentes à ejaculação até as carícias e alguns cuidados com os dentes, pelos entre outras delicadezas que contribuem para o prazer máximo do sexo oral oferecido ao homem. Em Cunilíngua, são apresentadas as particularidades da anatomia e do funcionamento do sexo da mulher, suas preferências e hesitações mais comuns, bem como as melhores maneiras e técnicas para lhe proporcionar prazer com a boca e a língua, tudo isento de tabus e preconceitos.

“O dr. Leleu desconstrói o antigo tabu que envolve
sexo oral (que infelizmente ainda hoje perdura em
alguns círculos), e parte imediatamente para as bases
anatômicas, fisiológicas e psicológicas da sexualidade,
de forma a apresentar, de maneira simplificada e
compreensível, as formas mais prazerosas – para ambos”
(Trecho extraído de Cunilíngua)

Sobre o tradutor

J. M. Bertolote é médico psiquiatra, com Mestrado em Psiquiatria Transcultural e Doutorado em Ciências Clínicas. Ex-professor de diversas Universidades nacionais e do Exterior. É autor de mais de 100 livros e capítulos de livros técnicos e de mais de 80 artigos científicos publicados em periódicos nacionais e internacionais. É ainda tradutor de 4 livros técnicos (francês e inglês) e de 10 clássicos da literatura erótica da Renascença e do Iluminismo (francês, inglês, latim).

Saiu na mídia, clique e leia…

Tempo de Mulher:  20 livros para apimentar o sexo e sair da mesmice
Blog da Dona Coelha:  Cunilíngua e Felação dicas para o Sexo Oral sem tabus
Portal Terra:  No Dia do Orgasmo, sexólogo ensina “a arte do sexo oral”

R$ 55,00

Diário de um cavalheiro inglês, apenas conhecido como Walter, mas cuja verdadeira identidade até hoje permanece secreta, esta obra revela a face oculta da época Vitoriana, cheia de sexualidade e de desejo, de paixões de homens e de mulheres…

Minha Vida Secreta - Memórias de um libertino do século XIX

Título: Minha Vida Secreta – Memórias de um libertino do século XIX
Autor:
Anônimo Walter
Tradução: José Manoel Bertolote
Gênero: Literatura Erótica
Ano: 2005
Edição: 1ª
Nº de páginas: 350
Formato: 14 X 21 cm
Acabamento: Brochura
ISBN: 8598927023
Preço: R$ 55,00

O livro

Diário de um cavalheiro inglês, apenas conhecido como Walter, mas cuja verdadeira identidade até hoje permanece secreta, esta obra revela a face oculta da época Vitoriana, cheia de sexualidade e de desejo, de paixões de homens e de mulheres que rompiam todos os códigos impostos pela sociedade. Publicado por volta de 1880 na Holanda, em apenas seis cópias, estas memórias permaneceram reprimidas, longe do público, até sua recente redescoberta, e aparecem pela primeira vez em língua portuguesa.

O autor

O autor relata suas experiências amorosas com mais de 1.550 mulheres, desde a infância até a idade adulta, em termos explícitos e inequívocos. Suas memórias eróticas são hoje consideradas como um autêntico relato histórico de uma era passada, ao mesmo tempo em que constituem um divertimento excitante e incomparável.

O que se diz

“O relato meticuloso de uma vida consagrada essencialmente ao prazer sexual, com a única preocupação de contar o que se passou, como, com que intensidade e com qual qualidade de sensação.”
Michel Foucault – História da Sexualidade

“Incomparável em suas descrições minuciosas do que chamamos de comportamento sexual humano.”
M. Ellman, Book Week

“Um tesouro inestimável de informações sobre os costumes sexuais do século XIX.”
Times Literary Supplement

“… não apenas fantasias, mas revelações sobre a realidade Vitoriana (.) retratada com uma pungência quase Dickensiana.”
Newsweek

“Uma obra-prima na linha literária de Montaigne, de Sade, de Amiel et de Proust (.) sobre o prazer sexual.”
R. Jaccard, Le Monde

R$ 55,00

Compre pelo PagSeguro, clicando no botão acima!
Ou se preferir comprar pela Amazon, clique no botão abaixo!

Compre o livro 111 Deflorações Antológicas na Amazon

A Editora Degustar, no propósito de sempre editar livros inéditos no Brasil, com farta pesquisa histórica de textos e de ilustrações, apresenta aos leitores mais uma publicação; “111 Deflorações Antológicas”, selecionadas, traduzidas….

111 Deflorações Antológicas

Textos selecionados e comentados por: José Manoel Bertolote
Gênero: Literatura Erótica
Ano: 2005
Edição: 1ª
Nº de páginas: 328
Formato: 15 X 23 cm
Acabamento: Brochura
ISBN: 8598927058
Ilustrações: 111 ilustrações
Preço: R$ 55,00

O livro

A Editora Degustar, no propósito de sempre editar livros inéditos no Brasil, com farta pesquisa histórica de textos e de ilustrações, apresenta aos leitores mais uma publicação; “111 Deflorações Antológicas”, selecionadas, traduzidas e apresentadas por José Manoel Bertolote.

A ideia desta coletânea é melhor explicada pelas palavras de seu autor – “esta antologia não pretende ser um ensaio sobre a defloração, tampouco sobre a virgindade, apenas uma apreciação de como o assunto foi abordado por diferentes autores, em diferentes épocas reunindo textos e imagens que me trotavam pela cabeça e pelas estantes à espera de alguma organização”. JMB.

A Bíblia, o Gilgamesh, o Decamerão, o Kama Sutra, Alceu, Aluísio de Azevedo, Apollinaire, Aretino, Casanova, Cleland, Chorier, Collona, Boyer D’Argens, Flaubert, Júlio Ribeiro, Lautréamont, Maupassant, Mirabeau, Musset, Pierre Louÿs, Roussel, Sade, Voltaire, todos abordaram o momento especial sem o qual não existiríamos: a famosa “primeira vez” de uma mulher.

Cento e onze excertos selecionados que cobrem os últimos 4.000 anos, do sacro à mais profana das pornografias, passando por um pouco de tudo, desde textos meramente descritivos, de frieza quase cirúrgica, até textos altamente poéticos, de intenso lirismo, sendo alguns engraçadíssimos, outros agressivos, violentos, refletindo as escolas literárias e os períodos em que foram escritos.

As inúmeras ilustrações foram extraídas, quase sempre, das edições originais das obras citadas.

Seguem-se alguns comentários sobre o tema, apenas para degustar:

“Queira deus, queiram os deuses que eu possa realizar o que tenho em mente: / Romper suas barreiras virginais.”
Cancioneiro de Beuern, século XIII

“Oh, Hímen! Oh, himeneu! / Porque me tantalizas tanto? / Por que me aguilhoas por apenas um doce momento? Por que não persistes? Por que desapareces / Porque, se persistisses além do doce momento, certamente me matarias?”
Walt Whitman

“Não seria a raridade dessa iguaria deliciosa que chamamos cabaço que causa aos homens tanto ardor e pressa?”
Abade Du Pratt

“Desfrutamos de um prazer extremo ao eliminar o inocente pudor de uma bela jovem que reluta em se entregar, ao forçar aos pouquinhos todas as pequenas resistências que ela opõe, a superar seus escrúpulos e chegar onde queremos.”
Molière (Don Juan)

“E tua boca em lírio / Pálida flor estreita e virgem / é a vulva que elijo / para amante de meu membro.”
Pierre Louÿs

“Amei Teormão / E não fiquei envergonhada / Mas tremia com meus medos virginais / E me escondi no vale de Leuta! E me escondi no vale de Leuta! / E me ergui do vale ; / Mas formidáveis trovões rasgaram / Meu virgem manto ao meio.”
William Blake

“Que a menina recupere suas cores! / Depois de aprender o amor, / entre suas pernas sangra/ a romã fendida para sempre.”
Raymond Radigue

R$ 10,00
Versão e-book Kindle à venda exclusiva na Amazon
Compre o e-book Kindle de Monte de Vênus na Amazon

A Editora Degustar lança a Coleção Ilha de Lesbos com a publicação do primeiro e-book da série dirigido ao universo das mulheres que amam seus corpos e se divertem explorando-os com as amigas…

E-book Kindle "Monte de Vênus"

Título: Monte de Vênus
Autor: 
Carla Simon
Gênero: Literatura Erótica
Coleção: Ilha de Lesbos
Ano: 2021
Edição: 1ª
Idioma: Português
Nº de páginas: 21
Formato: livro digital / e-book Kindle
ISBN: 978-65-990326-9-1
Preço: R$ 10,00

O lançamento

A Editora Degustar lança a Coleção Ilha de Lesbos com a publicação do primeiro e-book da série dirigido ao universo das mulheres que amam seus corpos e se divertem explorando-os com as amigas.

A Editora Degustar encomendou diversos contos a algumas escritoras que conhecem as alegrias e prazeres que o corpo feminino proporciona quando é descoberto. Recebemos muitos contos irresistíveis para as mulheres que desejam viver estas brincadeiras com suas parceiras ou mesmo desfrutar de alguma aventura passageira.

O conto

Monte de Vênus é um conto delicioso em que a personagem principal, Lara, descobre todas as delícias da sensualidade, toque, beijo, pele, carícias, todo prazer que seu corpo pode oferecer ao entrar no misterioso espaço do Monte do Vênus. Convide uma amiga, e juntas penetrem neste espaço cheio de surpresas e de prazeres.

A autora

A autora, Carla Simon, divide seu tempo no triângulo (de vértice para baixo, of course!) Rio, Paris e Nova Iorque. Nos intervalos escreve trechos de suas memórias ou de suas fantasias e projetos. Monte de Vênus é sua estreia na Editora Degustar, que já prepara outras obras suas.

A coleção

A Coleção Ilha de Lesbos vai ao encontro dos anseios femininos e, mais ainda, quer incentivar a criação de contos escritos por mulheres e dirigidos a mulheres.

O convite às mulheres

Se você é mulher e deseja traduzir em palavras o que sente e o que vive (ou mesmo o que gostaria de viver), escreva seus textos e envie-nos para análise através da nossa página CONTATO ou diretamente para o e-mail degustar@editoradegustar.com.br.  Encaminhe junto uma autorização para publicação, nome, endereço, e-mail e telefone com DDD. Se for selecionada para publicação, entraremos em contato.

R$ 44,00

Compre pelo PagSeguro, clicando no botão acima!
Ou se preferir comprar pela Amazon, clique no botão abaixo!

Compre o livro Prazer a duas na Amazon

“Prazer a Duas – O caminho do tantra para um relacionamento pleno” (104 páginas), baseado na filosofia oriental do tantra, busca formas de relacionamentos, de troca de carinhos, de excitação com muita delicadeza e beleza.

Prazer a Duas - O caminho do tantra para um relacionamento pleno

Título: Prazer a Duas – O caminho do tantra para um relacionamento pleno
Autor: Kushi
Gênero: Literatura Erótica
Ano: 2018
Edição: 1ª
Idioma: Português
Nº de páginas: 104
Formato impresso: 14x21cm
Acabamento: brochura
ISBN: 978-85-98927-17-6
Preço: R$ 44,00

O livro

“Prazer a Duas – O caminho do tantra para um relacionamento pleno” (104 páginas), baseado na filosofia oriental do tantra, busca formas de relacionamentos, de troca de carinhos, de excitação com muita delicadeza e beleza. Cada momento é um momento, exige preparação, concentração, e os olhos como parte mágica da comunicação tem um papel fundamental. Não se trata de 10 lições para atingir o orgasmo, tão pouco um manual para o sexo perfeito, longe disso, trata-se de uma deliciosa forma de se relacionar entre duas mulheres (diria até que vale para todo tipo de relacionamento) em que cada gesto tem seu significado, que o tempo é um denominador necessário e o início de uma relação é pensada com a duração da eternidade.
A Editora Degustar lança “Prazer a Duas – O caminho do tantra para um relacionamento pleno” em duas versões: livro físico (impresso) e livro digital (e-book). O livro impresso é vendido aqui na loja virtual da editora e nas principais livrarias brasileiras, por R$ 39,00. A versão e-book Kindle de “Prazer a Duas” é vendida com exclusividade pelo site da Amazon, por
R$ 24,90.

Sobre o autor

Kushi vem dedicando boa parte de sua existência à liberdade de ser e à expansão da consciência, que são os fundamentos da Filosofia Tântrica, e ao desenvolvimento de vivências que possam auxiliar pessoas interessadas nessa jornada. Autodidata, acredita que as vivências sejam o melhor caminho para acessar o que chama de ‘conhecimento nativo’, trazendo para o espaço andragógico os princípios lúdicos que costumam caracterizar a pedagogia e as abordagens orientais para o desenvolvimento pessoal. Sua experiência como executivo, empreendedor, professor, coach, consultor, palestrante, escritor, ator amador e tarólogo, bem como seu trabalho com o estudo de cenários futuros e seus impactos sobre a sociedade, conferem um caráter pragmático à visão holística de seu trabalho.

R$ 24,90
Versão e-book Kindle à venda exclusiva na Amazon
Compre o e-book Kindle de Prazer a Duas na Amazon

A versão em formato digital, e-book Kindle, do livro “Prazer a Duas – O caminho do tantra para um relacionamento pleno” (104 páginas), é baseado na filosofia oriental do tantra, busca formas de relacionamentos, de troca de carinhos…

E-book Kindle "Prazer a Duas - O caminho do tantra para um relacionamento pleno"

Título: Prazer a Duas – O caminho do tantra para um relacionamento pleno
Autor: Kushi
Gênero: Literatura Erótica
Ano: 2018
Edição: 1ª
Idioma: Português
Nº de páginas: 104
Formato: livro digital / e-book Kindle
Preço: R$ 24,90

O E-book

“Prazer a Duas – O caminho do tantra para um relacionamento pleno” (104 páginas), baseado na filosofia oriental do tantra, busca formas de relacionamentos, de troca de carinhos, de excitação com muita delicadeza e beleza. Cada momento é um momento, exige preparação, concentração, e os olhos como parte mágica da comunicação tem um papel fundamental. Não se trata de 10 lições para atingir o orgasmo, tão pouco um manual para o sexo perfeito, longe disso, trata-se de uma deliciosa forma de se relacionar entre duas mulheres (diria até que vale para todo tipo de relacionamento) em que cada gesto tem seu significado, que o tempo é um denominador necessário e o início de uma relação é pensada com a duração da eternidade.

A Editora Degustar lança “Prazer a Duas – O caminho do tantra para um relacionamento pleno” em duas versões: livro físico (impresso) e livro digital (e-book). O livro impresso é vendido aqui na loja virtual da editora e nas principais livrarias brasileiras, por
R$ 39,00. A versão e-book Kindle de “Prazer a Duas” é vendida com exclusividade pelo site da Amazon, por R$ 24,90.

Sobre o autor

Kushi vem dedicando boa parte de sua existência à liberdade de ser e à expansão da consciência, que são os fundamentos da Filosofia Tântrica, e ao desenvolvimento de vivências que possam auxiliar pessoas interessadas nessa jornada. Autodidata, acredita que as vivências sejam o melhor caminho para acessar o que chama de ‘conhecimento nativo’, trazendo para o espaço andragógico os princípios lúdicos que costumam caracterizar a pedagogia e as abordagens orientais para o desenvolvimento pessoal. Sua experiência como executivo, empreendedor, professor, coach, consultor, palestrante, escritor, ator amador e tarólogo, bem como seu trabalho com o estudo de cenários futuros e seus impactos sobre a sociedade, conferem um caráter pragmático à visão holística de seu trabalho.

HUMANISMO LIBERTINO
R$ 45,00

Compre pelo PagSeguro, clicando no botão acima!
Ou se preferir comprar pela Amazon, clique no botão abaixo!

Compre o livro A Cazzaria na Amazon

A palavra Cazzaria, em italiano, é um neologismo criado por Antonio Vignali no século XVI. Seu sentido aproximado é “conjunto ou confusão de caralhos”. A própria história da Cazzaria já é um tanto romanesca…

A Cazzaria

Título: A Cazzaria
Autor:
 Antonio Vignali
Tradução: José Manoel Bertolote
Gênero: Literatura Erótica
Coleção: Humanismo Libertino
Ilustrações de época
Ano: 2006 Edição: 1ª
Nº de páginas: 100
Formato: 12,5 X 21cm
Acabamento: Brochura
ISBN: 8598927104
Preço: R$45,00

O termo

A palavra Cazzaria, em italiano, é um neologismo criado por Antonio Vignali no século XVI. Seu sentido aproximado é “conjunto ou confusão de caralhos”.

A própria história da Cazzaria já é um tanto romanesca. Sua primeira edição foi publicada provavelmente em 1530 (data do exílio de seu autor) em 1541. Há, na Biblioteca Nacional de Paris, dois exemplares (Enfer 526 e Enfer 526), provavelmente impressos no século XVI, catalogados em 1800, e outro na Biblioteca Vaticana (códice Caponiano 140), mas nenhum dos três corresponde à descrição da edição original, publicada em Nápolis por Curzio e Scipione Navi, porém sem data nem nome do impressor.

O livro

Os diálogos são brilhantes, mesclando a mais refinada retórica com os termos mais vulgares, num raciocínio muitas vezes absolutamente maluco, precursor de Ionesco, Jarry e de muitos surrealistas, tudo entremeado de citações totalmente falsas e infundadas dos pais da filosofia e da Igreja. De São Tomás de Aquino à Mona Lisa, passando por Aretino, Plínio, Tito Lívio, Ovídio, Apuleio, ninguém, escapa à galhofa de Vignale, façanha da qual, só um verdadeiro erudito da Renascença seria capaz,retrata o espelho da sociedade de Siena, à época do Renascentismo.É um documento social, histórico, cultural e erótico da máxima importância.

O autor

Antonio Vignali de Buonagiunti nasceu em Siena, em 1501 e morreu em 1559, em Milão, onde estava exilado, tendo vivido, portanto, em plena Renascença Italiana. Dedicou-se inicialmente às letras jurídicas e era bastante versado em letras latinas e em vários dialetos peninsulares que precederam o italiano.

R$ 40,00

Compre pelo PagSeguro, clicando no botão acima!
Ou se preferir comprar pela Amazon, clique no botão abaixo!

Compre o livro Os Segredos do Amor e de Vênus de Luisa Sigea na Amazon

Sob forma de um diálogo entre Túlia, uma mulher casada, e Otávia, sua jovem prima às vésperas do casamento, pode ser considerado um manual sexual, bem como uma apologia do direito das mulheres à plena fruição dos prazeres…

Os Segredos do Amor e de Vênus de Luisa Sigea

Título: Os Segredos do Amor e de Vênus de Luisa Sigea
Autor: Nicolas Chorier
Tradução: José Manoel Bertolote
Gênero: Literatura Erótica
Coleção: Humanismo Libertino
Ilustrações de época
Ano: 2007
Edição: 1ª
Nº de páginas: 256
Formato: 12,5 X 21cm
Acabamento: Brochura
ISBN: 8598927046
Preço: R$ 40,00

O livro

Sob forma de um diálogo entre Túlia, uma mulher casada, e Otávia, sua jovem prima às vésperas do casamento, pode ser considerado um manual sexual, bem como uma apologia do direito das mulheres à plena fruição dos prazeres sexuais, numa sociedade que lhes era altamente repressiva não só em relação ao comportamento sexual, mas também ao pleno exercício de seus direitos e ao acesso à educação e às artes. É considerada a obra mais importante do século XVII europeu, e figura ao lado das obras de Aretino, de Sade, tanto em termos de intensidade erótica como de rigor estilístico.

Trata-se da primeira tradução do original existente na Biblioteca Nacional da França, livro que, conforme consta na anotação bibliográfica, pertenceu a Pierre Louys, um dos maiores escritores eróticos do século XIX.

O autor

Nicolas Chorier nasceu em Vienne, Departamento de Isère, na França em 1612. Advogado de formação e historiador por vocação, teve uma brilhante carreira jurídica e, em 1666, foi nomeado procurador do rei em Grenoble, onde faleceu em 1693.

Por que ler

A alegoria Marte e Vênus percorre e colore toda a obra. Trata-se de um verdadeiro embate entre o homem que ataca, perfura, arromba, destrói e a mulher que se defende, esgota-o, busca sempre vencê-lo, derrotá-lo. A erudição tanto do autor como do tradutor está revelada nas muitas notas de rodapé que posicionam este livro, inédito no Brasil, entre os grandes clássicos da literatura erótica universal.

R$ 40,00

Compre pelo PagSeguro, clicando no botão acima!
Ou se preferir comprar pela Amazon, clique no botão abaixo!

Compre o livro Pornólogos I na Amazon

A obra de Pietro Aretino que veio a ser universalmente conhecida como Ragionamento – é considerada como um dos pontos culminantes da literatura erótica de todos os tempos. Trata-se de duas obras independentes…

Pornólogos I - Ragionamenti - Diálogo das Cortesãs

Título: Pornólogos I – Ragionamenti – Diálogo das Cortesãs
Autor: Pietro Aretino
Tradução: José Manoel Bertolote
Gênero: Literatura Erótica
Coleção: Humanismo Libertino
Ano: 2006
Edição: 
Nº de páginas: 141 Formato: 12,5 X 21cm
Acabamento: Brochura
ISBN: 8598927074
Ilustrações de época
Preço: R$40,00

O livro

A obra de Pietro Aretino que veio a ser universalmente conhecida como Ragionamento – é considerada como um dos pontos culminantes da literatura erótica de todos os tempos. Trata-se de duas obras independentes, publicadas em dois volumes, em 1534 e 1536, respectivamente, porem ligadas pelo tema, pelo estilo e pelas protagonistas, que a Editora Degustar apresenta sob o título comum de Pornólogos.

A primeira delas, intitulada Ragionamento della Nanna e della Antonia, é aqui traduzida como “Tertúlia entre Nanna e Antonia”, consiste em três dias de um bate-papo entre Nanna – uma rica prostituta já aposentada – e Antonia, sua amiga – uma pobre prostituta também aposentada, a respeito da melhor ocupação para Pippa, filha da primeira, então com 17 anos: freira, puta ou dona de casa? Nanna solicita a opinião de Antonia, que lhe pede que relate sua experiência pessoal prévia como… freira, mulher casada e cortesã. Com base nesse relato, Antonia conclui que a melhor opção é fazer de Pippa uma cortesã.

Pietro Aretino, assíduo freqüentador da corte do Papa, consegue a proeza de descrever as maiores obscenidades, as maiores sacanagens sem empregar palavrões numa linguagem elegantíssima.

Segundo Apollinaire, Aretino influenciou o Marquês de Sade, Musset, Rabelais e Molière, e é reconhecidamente o mais importante escritor erótico da Renascença.

O autor

Pietro Aretino (1492-1556) nasceu em 1492 em Arezzo, filho de um sapateiro e de uma modelo de pintores, e faleceu em Veneza, em 1556. Aos dezoito anos foi para Roma, onde se insinuou na corte papal e, com a morte de Leão X, seu amigo Giulio dei Médicis foi eleito papa Clemente VII e se tornou seu protetor. Em 1525, em virtude dos escritos satíricos contra vários notáveis da época, foi emboscado e esfaqueado, mas sobreviveu. Como Clemente VII abafou o caso, Aretino partiu para Arezzo, onde seu amigo Giovanni dei Médici, alcunhado “Grande Diabo”, o apresentou ao rei Francisco I, de França, com o qual passou a compartilhar batalhas e orgias. Em 1527 se mudou para Veneza, onde, passou os últimos anos de sua vida num luxuosíssimo palácio no Grande Canal, decorado por Tintoretto e Giorgione. Aí, Aretino vivia em meio a obras de arte, cercado por suas “Aretinas” (inúmeras concubinas), seu secretário – de quem era muito próximo, em todos os sentidos – e sempre com um macaquinho de estimação, símbolo de grande riqueza, na época. Invariavelmente se apresentava com um colar de ouro que pesava mais de quatro quilos, presente de Francisco I, e decorado de ponta a ponta com lingüinhas de vermeil.

Sua carreira sofreu uma notável mudança de rumo a partir do momento em que escreveu um falso testamento do Papa Leão X, no qual legava os genitais do seu elefante de estimação (Hanno) a um de seus cardeais. Aretino se autodenominava “Divino”, “Flagelo dos Príncipes” e “Verídico”. É reconhecidamente o mais importante escritor erótico (e pornográfico) da Renascença. Dele diz-se que inventou, logo depois da imprensa, a imprensa de opinião, a imprensa de investigação e a imprensa de chantagem. Sua pena satírica, mordaz e devastadora era tão temida, que havia quem lhe pagasse só para não ter nada escrito por ele.

R$ 65,00

Compre pelo PagSeguro, clicando no botão acima!
Ou se preferir comprar pela Amazon, clique no botão abaixo!

Compre o livro A Vida Privada dos Doze Césares na Amazon

“A Vida Privada dos Doze Césares” consiste em uma série de entalhes romanos antigos cravados em pedras diversas, sobretudo camafeus e medalhas, copiados por Hancarville de peças de coleções…

A Vida Privada dos Doze Césares

Título: A Vida Privada dos Doze Césares
Subtítulo: Monumentos a partir de uma série de pedras e medalhas gravadas em seus reinados
Autor: P.-F. H. d’Hancarville
Tradução: José Manoel Bertolote
Gênero: Literatura Erótica
Coleção: Humanismo Libertino
Ilustrações: de época
Ano: 2020 | Edição:
Nº de páginas: 255
Formato: 12,5 X 21cm
Acabamento: Brochura
ISBN livro impresso: 978-65-990326-4-6
Preço: R$ 65,00

* BRINDE: Na compra de “A Vida Privada dos Doze Césares” ganhe 1 cartão postal colecionável com ilustração de época do livro.

O livro

“A Vida Privada dos Doze Césares” consiste em uma série de entalhes romanos antigos cravados em pedras diversas, sobretudo camafeus e medalhas, copiados por Hancarville de peças de coleções particulares e publicados, com comentários do autor.

A tradução

Esta edição, que apresentamos pela primeira vez no Brasil, é uma tradução integral da edição original de 1780 com notas J. M. Bertolote, e acreditamos que é a primeira tradução desta obra para o português – salvo se existirem edições privadas fora do comércio, e que desconhecemos – traduzida diretamente do original de 1780, existente na Biblioteca Nacional de França (À Caprées, chez Sabellus), exemplar registrada como Enfer 915, que tem como ex-libris o brasão do Conde Albéric de Marcieu, e doado pelo mesmo à BNF em 1938.

A coleção

“A Vida Privada dos Doze Césares” faz parte da Coleção Humanismo Libertino que a Editora Degustar criou e publicou “A Cazzaria” de Vignale, “Pornólogos I” de Aretino e “Os Segredos do Amor e de Vênus de Luisa Sigea” de Chorier.

As ilustrações

As ilustrações estão reunidas em uma série de quadros (é preciso ressalvar que são reproduções de época e, portanto, não tem a qualidade ideal), que representam os prazeres, suas paixões e, sobretudo, sua devassidão. Não há quem ignore até onde chegaram seu luxo e sua depravação e quantos autores escreveram a escandalosa história de suas vidas, e pormenorizaram a corrupção que reinava em suas cortes, a tal ponto que a contemplação destes monumentos permitirá apreciar a excelência do trabalho dos antigos artistas, que, como tantas vezes já se observou, nunca empregaram tanto engenho e arte como nos temas satíricos e eróticos.

Os textos que acompanham as ilustrações são baseados em obras de Suêtonio e Tácito, às vezes satíricos e divertidos.

Por que ler?

Indicamos estas “Delícias de Doze Césares” aqueles que desejam conhecer parte da História Romana vivida atrás dos bastidores.

O que dizem?

…”um catálogo de obras-primas para o público contemporâneo que reproduz em pormenores as mesmas imagens antigas que aqueceram as artes amorosas da Europa com o estilo clássico. Merece ser preservado, reproduzido e posto à disposição do público”. Amazon

BRINDE: 1 cartão postal colecionável com ilustração de época do livro.

*****

O Blog Listas Literárias leu A Vida Privada dos Doze Césares, de P. F. H D’hancarville publicado pela Editora Degustar; neste post as 10 considerações de Douglas Eralldo sobre o livro, confira:

10 CONSIDERAÇÕES SOBRE A VIDA PRIVADA DOS DOZE CÉSARES, DE P. F. H D’HANCARVILLE OU PARTE DA HISTÓRIA DO SEXO

1 – Salvo edições privadas fora do comércio, os editores do livro acreditam ser esta “a primeira tradução desta obra para o português, traduzida diretamente do original de 1780”, o que ao leitor já será percebido, claro, no estilo setecentista do texto. “As gravuras foram extraídas de uma cópia de uma edição privada alemã” e em seu conjunto o livro trata de parte da história do sexo e de como este esta ligado com a política [de seu tempo] e mesmo com a literatura;

2 – Aliás, a obra é bem curiosa. A seu modo e de acordo com seu contexto, é um trabalho que talvez se aproxime [e não se leia isto literalmente, de modo que não me acusem desta comparação] de uma obra acadêmica. Ao trazer os comportamentos sexuais gravados em camafeus, em moedas, D’Hancarville elabora textos sobre tais comportamentos, não apenas do pretenso ou acontecido fato pervertido, mas construindo uma série de intertextos que tal como na escrita acadêmica funcionam como certa concessão de autoridade; Ele cita de poetas e historiadores na construção de seu próprio texto, o que enriquece a produção;

3 – Todavia, perceberá o leitor que a posição do autor está longe de qualquer neutralidade. O julgamento moral é constante e as desgraças e tiranias dos governos romanos não raro são relacionadas à devassidão dos comportamentos, a pederastia, enfim aos costumes impudicos de suas sociedades;

4 – Mas enfim. Em síntese o livro é isto: um conjunto de textos a partir de toda uma arte erótica romana em que o autor acaba falando de eventos específicos de devassidão dos césares, mas não apenas isto, relacionando e partindo de toda uma literatura a dar conta da presença desse erotismo, ainda que, conforme apontam os próprios editores haja a complexidade da questão de autoria presente;

5 – Entretanto, reforçam os editores “o fato é que, no final do século XVIII, havia um rico mercado de obras eróticas, necessariamente clandestinas, para a qual a autenticidade importava menos que a excitação provocada pela obra, e seu caráter histórico acrescentava-lhe um ar de seriedade”;

6 – Aliás, essas são as intenções de D’Hancarville, segundo ele a partir de sua permanência em Roma e acesso às coleções de antiguidades que “não foram mencionadas por nenhum autor” escrever sobre estas, “que representam a história satírica dos primeiros Imperadores ou das escandalosas cenas de depravação, relatada de maneira tão minuciosa e viva por seus contemporâneos”;

7 – Em seu trabalho, veremos, portanto, a busca do autor por narrar os supostos acontecimentos gravados nessas peças. É uma tentativa de contar as histórias selecionadas e em muitos casos socorrer-se de uma ou outra citação que lhe auxilie em sua escrita do que haveria representado em tais peças;

8 – A partir disso, temos então um longo desfilar das orgias romanas; dos incestos, pederastias e toda e qualquer relação de natureza sexual que vossa imaginação possa conceber. A bem da verdade o autor nos apresenta uma cidade que cheira a libido. Talvez algumas possam conter algum exagero, mas de modo geral está em diálogo com o que já sabemos daqueles tempos “libertinos”;

9 – E aí uma questão a se refletir e ponderar. Temos que considerar todos os contextos, sempre importante frisar. Há uma tentativa do autor de meio que pincelar ainda mais negativamente os tiranos, os doze césares contemplados na escrita, por meio da visão moralista que agrega ainda mais “vilania” a personagens já tão conhecidamente desconcertantes. Mas tenho certeza que esse é o tipo de leitura que atrai bons leitores, estes sempre muito capazes de enquadrar cada contexto que seja necessário;

10 – Enfim, o livro, assim como a proposta da Editora Degustar é deveras interessante. Quanto a D’Hancarville que no mínimo vai instigar a sua curiosidade e encher-lhe de referências literárias sobre a libido e o prazer.

(por Douglas Eralldo – Blog Listas Literárias – 13/10/2020)

R$ 12,00
Versão e-book Kindle à venda exclusiva na Amazon
Compre o e-book Kindle de A Vida Privada dos Doze Césares na Amazon

“A Vida Privada dos Doze Césares” consiste em uma série de entalhes romanos antigos cravados em pedras diversas, sobretudo camafeus e medalhas, copiados por Hancarville de peças de coleções…

E-book Kindle "A Vida Privada dos Doze Césares"

Título: A Vida Privada dos Doze Césares
Subtítulo: Monumentos a partir de uma série de pedras e medalhas gravadas em seus reinados
Autor: P.-F. H. d’Hancarville
Tradução: José Manoel Bertolote
Gênero: Literatura Erótica
Coleção: Humanismo Libertino
Ilustrações: de época
Ano: 2020
Edição:
Nº de páginas: 255
Formato livro digital: e-book Kindle
ISBN livro digital: 978-65-990326-5-3
Preço: R$ 12,00

O e-book

“A Vida Privada dos Doze Césares” consiste em uma série de entalhes romanos antigos cravados em pedras diversas, sobretudo camafeus e medalhas, copiados por Hancarville de peças de coleções particulares e publicados, com comentários do autor.

A tradução

Esta edição, que apresentamos pela primeira vez no Brasil, é uma tradução integral da edição original de 1780 com notas J. M. Bertolote, e acreditamos que é a primeira tradução desta obra para o português – salvo se existirem edições privadas fora do comércio, e que desconhecemos – traduzida diretamente do original de 1780, existente na Biblioteca Nacional de França (À Caprées, chez Sabellus), exemplar registrada como Enfer 915, que tem como ex-libris o brasão do Conde Albéric de Marcieu, e doado pelo mesmo à BNF em 1938.

A coleção

“A Vida Privada dos Doze Césares” faz parte da Coleção Humanismo Libertino que a Editora Degustar criou e publicou “A Cazzaria” de Vignale, “Pornólogos I” de Aretino e “Os Segredos do Amor e de Vênus de Luisa Sigea” de Chorier.

As ilustrações

As ilustrações estão reunidas em uma série de quadros (é preciso ressalvar que são reproduções de época e, portanto, não tem a qualidade ideal), que representam os prazeres, suas paixões e, sobretudo, sua devassidão. Não há quem ignore até onde chegaram seu luxo e sua depravação e quantos autores escreveram a escandalosa história de suas vidas, e pormenorizaram a corrupção que reinava em suas cortes, a tal ponto que a contemplação destes monumentos permitirá apreciar a excelência do trabalho dos antigos artistas, que, como tantas vezes já se observou, nunca empregaram tanto engenho e arte como nos temas satíricos e eróticos.

Os textos que acompanham as ilustrações são baseados em obras de Suêtonio e Tácito, às vezes satíricos e divertidos.

Por que ler?

Indicamos estas “Delícias de Doze Césares” aqueles que desejam conhecer parte da História Romana vivida atrás dos bastidores.

O que dizem?

…”um catálogo de obras-primas para o público contemporâneo que reproduz em pormenores as mesmas imagens antigas que aqueceram as artes amorosas da Europa com o estilo clássico. Merece ser preservado, reproduzido e posto à disposição do público”. Amazon

*****

O Blog Listas Literárias leu A Vida Privada dos Doze Césares, de P. F. H D’hancarville publicado pela Editora Degustar; neste post as 10 considerações de Douglas Eralldo sobre o livro, confira:

10 CONSIDERAÇÕES SOBRE A VIDA PRIVADA DOS DOZE CÉSARES, DE P. F. H D’HANCARVILLE OU PARTE DA HISTÓRIA DO SEXO

1 – Salvo edições privadas fora do comércio, os editores do livro acreditam ser esta “a primeira tradução desta obra para o português, traduzida diretamente do original de 1780”, o que ao leitor já será percebido, claro, no estilo setecentista do texto. “As gravuras foram extraídas de uma cópia de uma edição privada alemã” e em seu conjunto o livro trata de parte da história do sexo e de como este esta ligado com a política [de seu tempo] e mesmo com a literatura;

2 – Aliás, a obra é bem curiosa. A seu modo e de acordo com seu contexto, é um trabalho que talvez se aproxime [e não se leia isto literalmente, de modo que não me acusem desta comparação] de uma obra acadêmica. Ao trazer os comportamentos sexuais gravados em camafeus, em moedas, D’Hancarville elabora textos sobre tais comportamentos, não apenas do pretenso ou acontecido fato pervertido, mas construindo uma série de intertextos que tal como na escrita acadêmica funcionam como certa concessão de autoridade; Ele cita de poetas e historiadores na construção de seu próprio texto, o que enriquece a produção;

3 – Todavia, perceberá o leitor que a posição do autor está longe de qualquer neutralidade. O julgamento moral é constante e as desgraças e tiranias dos governos romanos não raro são relacionadas à devassidão dos comportamentos, a pederastia, enfim aos costumes impudicos de suas sociedades;

4 – Mas enfim. Em síntese o livro é isto: um conjunto de textos a partir de toda uma arte erótica romana em que o autor acaba falando de eventos específicos de devassidão dos césares, mas não apenas isto, relacionando e partindo de toda uma literatura a dar conta da presença desse erotismo, ainda que, conforme apontam os próprios editores haja a complexidade da questão de autoria presente;

5 – Entretanto, reforçam os editores “o fato é que, no final do século XVIII, havia um rico mercado de obras eróticas, necessariamente clandestinas, para a qual a autenticidade importava menos que a excitação provocada pela obra, e seu caráter histórico acrescentava-lhe um ar de seriedade”;

6 – Aliás, essas são as intenções de D’Hancarville, segundo ele a partir de sua permanência em Roma e acesso às coleções de antiguidades que “não foram mencionadas por nenhum autor” escrever sobre estas, “que representam a história satírica dos primeiros Imperadores ou das escandalosas cenas de depravação, relatada de maneira tão minuciosa e viva por seus contemporâneos”;

7 – Em seu trabalho, veremos, portanto, a busca do autor por narrar os supostos acontecimentos gravados nessas peças. É uma tentativa de contar as histórias selecionadas e em muitos casos socorrer-se de uma ou outra citação que lhe auxilie em sua escrita do que haveria representado em tais peças;

8 – A partir disso, temos então um longo desfilar das orgias romanas; dos incestos, pederastias e toda e qualquer relação de natureza sexual que vossa imaginação possa conceber. A bem da verdade o autor nos apresenta uma cidade que cheira a libido. Talvez algumas possam conter algum exagero, mas de modo geral está em diálogo com o que já sabemos daqueles tempos “libertinos”;

9 – E aí uma questão a se refletir e ponderar. Temos que considerar todos os contextos, sempre importante frisar. Há uma tentativa do autor de meio que pincelar ainda mais negativamente os tiranos, os doze césares contemplados na escrita, por meio da visão moralista que agrega ainda mais “vilania” a personagens já tão conhecidamente desconcertantes. Mas tenho certeza que esse é o tipo de leitura que atrai bons leitores, estes sempre muito capazes de enquadrar cada contexto que seja necessário;

10 – Enfim, o livro, assim como a proposta da Editora Degustar é deveras interessante. Quanto a D’Hancarville que no mínimo vai instigar a sua curiosidade e encher-lhe de referências literárias sobre a libido e o prazer.

(por Douglas Eralldo – Blog Listas Literárias – 13/10/2020)

R$ 96,00
+ frete fixo
de R% 19,00
= R$ 115,00

Compre pelo PagSeguro, clicando no botão acima!
Ou se preferir comprar pela Amazon, clique no botão abaixo!

Compre O Combo Humanismo Libertino na Amazon

OFERTA ESPECIAL – Combo Humanismo Libertino
* A Cazzaria;
* Pornólogos I;
* Os Segredos do Amor e de Vênus de Luisa Sigea.

Compre os 3 exemplares da Coleção Humanismo e economize R$ 29,00.

Oferta especial - Combo Humanismo Libertino!

OFERTA ESPECIAL – Combo Humanismo Libertino

Compre os 3 exemplares da Coleção Humanismo
Libertino por apenas R$96,00 + frete fixo de R$19,00,
e economize R$ 29,00.

Oferta por tempo limitado!!!

A promoção

A coleção Humanismo Libertino foi concebida como uma iniciativa de oferecer aos leitores brasileiros a deliciosa literatura erótica escrita por conceituados autores e que são inéditos no Brasil. Buscando nas fontes da literatura universal e em um primeiro momento baseada na literatura greco-romana e renascentista foram publicados: “Pornólogos I” de Pietro Aretino, “A Cazzaria” de Antonio Vignale e “Os Segredos do Amor e de Vênus de Luisa Sigea” de Nicolas Chorier.

São edições traduzidas preferencialmente dos originais, com ilustrações de época e sempre que possível da primeira publicação. Profusamente completadas com notas de rodapé, situando autor, obra e época. Endereçada para aqueles que gostam de literatura de época e principalmente que desejam conhecer os textos de renomados escritores que foram dedicados ao erotismo, muitas vezes como forma de protesto político e religioso.

Saiba mais sobre cada livro do combo clicando aqui.
* A Cazzaria;
* Pornólogos I;
* Os Segredos do Amor e de Vênus de Luisa Sigea.

CONTOS
R$ 23,00

“Elas & Eles” traz contos surpreendentes com pequenas tragédias cotidianas vividas…

Elas & Eles - Pequenas tragédias cotidianas

Título: Elas & Eles
Subtítulo: Pequenas tragédias cotidianas
Editora: Degustar
Autora: J. M. Bertolote
Projeto gráfico: Edil Gomes
Gênero:
Contos | Literatura Brasileira
Edição:

Ano:
2021
Número de páginas: 

Formato:
Acabamento:
ISBN livro impresso: 

Preço:
R$ 23,00

O livro

“Elas & Eles” traz contos surpreendentes com pequenas tragédias cotidianas vividas por homens e mulheres.

O autor

J. M. Bertolote é médico, psiquiatra, professor da Faculdade de Medicina de Botucatu-UNESP. Trabalhou mais de 20 anos na sede da OMS (Organização Mundial da Saúde) em Genebra, Suíça. Já publicou (no Brasil e no Exterior) 110 livros (dos quais escreveu 19 inteiros e 26 capítulos em livros de outos organizadores). Tem 14 traduções já publicadas (do espanhol, francês, inglês e latim). É autor e tradutor de diversos títulos da Editora Degustar.

R$ 15,00
Versão e-book Kindle à venda exclusiva na Amazon
Compre o e-book Kindle Elas & Eles na Amazon

“Elas & Eles” traz contos surpreendentes com pequenas tragédias cotidianas vividas…

Elas & Eles - Pequenas tragédias cotidianas

Título: Elas & Eles
Subtítulo: Pequenas tragédias cotidianas
Editora: Degustar
Autora: J. M. Bertolote
Projeto gráfico: Edil Gomes
Gênero: 
Contos | Literatura Brasileira
Edição: 

Ano: 
2021
Número de páginas: 
70
Formato livro digital: 
e-book Kindle
ISBN livro digital: 
978-65-993652-4-9
Preço: R$ 15,00

O e-book

“Elas & Eles” traz contos surpreendentes com pequenas tragédias cotidianas vividas por homens e mulheres.

O autor

J. M. Bertolote é médico, psiquiatra, professor da Faculdade de Medicina de Botucatu-UNESP. Trabalhou mais de 20 anos na sede da OMS (Organização Mundial da Saúde) em Genebra, Suíça. Já publicou (no Brasil e no Exterior) 110 livros (dos quais escreveu 19 inteiros e 26 capítulos em livros de outos organizadores). Tem 14 traduções já publicadas (do espanhol, francês, inglês e latim). É autor e tradutor de diversos títulos da Editora Degustar.

R$ 55,00

Compre pelo PagSeguro, clicando no botão acima!
Ou se preferir comprar pela Amazon, clique no botão abaixo!

Compre o livro Conversando em família na Amazon

Ao começar a ler os “causos” de uma “alma caipira” com todas as lembranças da vida no interior, a primeira sensação é de uma inveja salutar dessa família harmoniosa, carinhosa e sobretudo muito divertida…

Conversando em família: vivências & memórias de uma alma caipira

Título: Conversando em família: vivências & memórias de uma alma caipira
Editora: Degustar
Autora: Judith Brito
Coordenadora/organizadora:
Maria Célia Furtado
Gênero:
Contos
Edição:

Ano:
2019
Número de páginas:
328
Formato:
14 x 21cm
Acabamento: Brochura
ISBN livro impresso: 978-85-989271-9-0
Preço:
R$ 55,00

O e-book

Ao começar a ler os “causos” de uma “alma caipira” com todas as lembranças da vida no interior, a primeira sensação é de uma inveja salutar dessa família harmoniosa, carinhosa e sobretudo muito divertida. Sempre pensando que todo tipo de relacionamento precisa ser bem-humorado, positivo, de bem com a vida.

Tal qual Proust busca no tempo passado a redescoberta do tempo presente, estes contos trazem o passado rememorado e vivo. Vamos rebatiza-los de “Proust na Roça”; Itatiba salta aos nossos olhos com sua vida interiorana, simples, comunitária e solidária, honesta e nobre, inovadora e inventiva. A história de cada personagem, com seu linguajar próprio, com suas manias e características são tão bem descritas que parece que estão em nossa sala, ou vamos encontra-los virando a esquina.

Para Proust uma “madeleine” molhada no chá evocava uma lembrança detalhada da casa de sua tia em Combray, pergunto-me onde está a “madeleine” nestes contos. Cabe a cada leitor descobrir.

A autora

Judith tem este sorriso contagiante, alegre, agradável. Ela transmite isto em seus contos, mesmo em alguns, com tom mais sério, coloca uma pitada de ironia, meio de gozação.

A sua vinda para São Paulo significa o início de uma nova fase, da descoberta da cidade grande com suas surpresas e encantamentos. A cena do elevador é tocante, meio ingênua, mas é a descoberta do cinema que produz o enlevo, tal qual em “Cinema Paradiso” ela entrega-se à magia das imagens e das histórias, das luzes e das cores. Descobre o cinema italiano, o francês que marcaram as gerações da época com seus temas instigantes. E como todo bom cinéfilo odeia pipoca durante a projeção. Vai ao cinema para mergulhar na tela.

A conquista dos desafios da Paulicéia, a escola, a participação política, a escalada na vida profissional, as relações amorosas, a criação da família, dos filhos, dos amigos, e sobretudo a defesa da liberdade de expressão em todas suas circunstâncias vão nos deliciando e deixando claro que Itatiba é aqui.

Se o passado é uma elaboração do presente, e se as lembranças surgem involuntárias, descontinuadas, a memória permite recriar o próprio passado.

Como diz Fernando Pessoa dando voz a Álvaro de Campos,
“Tudo na vida
Se faz por recordações.
Ama-se por memória”.

R$ 9,99
Versão e-book Kindle à venda exclusiva na Amazon
Compre o e-book Kindle Conversando em família na Amazon

Ao começar a ler os “causos” de uma “alma caipira” com todas as lembranças da vida no interior, a primeira sensação é de uma inveja salutar dessa família harmoniosa, carinhosa e sobretudo muito divertida…

E-book Kindle: "Conversando em família: vivências & memórias de uma alma caipira"

Título: Conversando em família: vivências & memórias de uma alma caipira
Editora: Degustar
Autora: Judith Brito
Coordenadora/organizadora:
Maria Célia Furtado
Gênero:
Contos
Edição:

Ano:
2019
Número de páginas:
328
Formato livro digital:
e-book Kindle
ISBN livro digital:
978-65-990326-3-9
Preço:
R$ 9,99

O e-book

Ao começar a ler os “causos” de uma “alma caipira” com todas as lembranças da vida no interior, a primeira sensação é de uma inveja salutar dessa família harmoniosa, carinhosa e sobretudo muito divertida. Sempre pensando que todo tipo de relacionamento precisa ser bem-humorado, positivo, de bem com a vida.

Tal qual Proust busca no tempo passado a redescoberta do tempo presente, estes contos trazem o passado rememorado e vivo. Vamos rebatiza-los de “Proust na Roça”; Itatiba salta aos nossos olhos com sua vida interiorana, simples, comunitária e solidária, honesta e nobre, inovadora e inventiva. A história de cada personagem, com seu linguajar próprio, com suas manias e características são tão bem descritas que parece que estão em nossa sala, ou vamos encontra-los virando a esquina.

Para Proust uma “madeleine” molhada no chá evocava uma lembrança detalhada da casa de sua tia em Combray, pergunto-me onde está a “madeleine” nestes contos. Cabe a cada leitor descobrir.

A autora

Judith tem este sorriso contagiante, alegre, agradável. Ela transmite isto em seus contos, mesmo em alguns, com tom mais sério, coloca uma pitada de ironia, meio de gozação.

A sua vinda para São Paulo significa o início de uma nova fase, da descoberta da cidade grande com suas surpresas e encantamentos. A cena do elevador é tocante, meio ingênua, mas é a descoberta do cinema que produz o enlevo, tal qual em “Cinema Paradiso” ela entrega-se à magia das imagens e das histórias, das luzes e das cores. Descobre o cinema italiano, o francês que marcaram as gerações da época com seus temas instigantes. E como todo bom cinéfilo odeia pipoca durante a projeção. Vai ao cinema para mergulhar na tela.

A conquista dos desafios da Paulicéia, a escola, a participação política, a escalada na vida profissional, as relações amorosas, a criação da família, dos filhos, dos amigos, e sobretudo a defesa da liberdade de expressão em todas suas circunstâncias vão nos deliciando e deixando claro que Itatiba é aqui.

Se o passado é uma elaboração do presente, e se as lembranças surgem involuntárias, descontinuadas, a memória permite recriar o próprio passado.

Como diz Fernando Pessoa dando voz a Álvaro de Campos,
“Tudo na vida
Se faz por recordações.
Ama-se por memória”.

R$ 55,00

Compre pelo PagSeguro, clicando no botão acima!
Ou se preferir comprar pela Amazon, clique no botão abaixo!

Compre o livro Máscara para um rosto nu na Amazon

Sejam longos ou tenham apenas alguns parágrafos, os contos de Helena T. são sempre desconcertantes, retiram a máscara para revelar a nudez dos personagens, as expressões humanas que estão ocultas por medo…

Máscara para um rosto nu

Título: Máscara para um rosto nu
Editora: Degustar
Autora: Helena T.
Organização/Coordenação: Maria Célia Furtado
Ilustrador: Eduardo Pupa
Gênero: Contos
Edição:

Ano:
2020
ISBN livro impresso: 978-65-990326-2-2
Preço: R$ 55,00

O livro

Em Máscaras para um rosto nu, a autora Helena T. apresenta ao leitor histórias instigantes: Como os brincos de pérola de Marilena despertam o ciúme de Antenor. Uma mulher envelhece 20 anos de um dia para o outro. Tetê descobre um segredo de família ao arrumar o armário. Lili faz um pedido estranho à amiga: quando eu morrer vista o meu cadáver. Que fim levou o jovem casal apaixonado que se despedia aos beijos no portão de casa? Sejam longos ou tenham apenas alguns parágrafos, os contos de Helena T. são sempre desconcertantes, retiram a máscara para revelar a nudez dos personagens, as expressões humanas que estão ocultas por medo, preconceito ou inocência. As ilustrações do artista Eduardo Pupa colaboram para o clima de mistério e de surpresas. Para leitores que gostam de conhecer personagens marcantes e surpreendentes.

Brinde: Ao comprar 01 exemplar de “Máscara Para Um Rosto Nu” você ganha 01 marcador de página do livro.

A escritora

Helena T. revela-se através de seus personagens, e torna-se uma incógnita para seus leitores ao assinar seu nome com um simples T. de tímida, travessa, transparente, teatral, jamais tediosa. Transportar-se para as páginas de “Máscara para um rosto nu” é mergulhar em um mundo onírico e dramático.

R$ 12,00
Versão e-book Kindle à venda exclusiva na Amazon
Compre o e-book Kindle Máscara para um rosto nu na Amazon

Sejam longos ou tenham apenas alguns parágrafos, os contos de Helena T. são sempre desconcertantes, retiram a máscara para revelar a nudez dos personagens, as expressões humanas que estão ocultas por medo…

E-book Kindle "Máscara para um rosto nu"

Título: Máscara para um rosto nu
Editora: Degustar
Autora: Helena T.
Organização/Coordenação: Maria Célia Furtado
Ilustrador: Eduardo Pupa
Gênero: Contos
Edição:

Ano:
2020
Formato livro digital: E-book Kindle
ISBN livro digital: 978-65-990326-0-8
Preço: R$ 12,00

O e-book

Em Máscaras para um rosto nu, a autora Helena T. apresenta ao leitor histórias instigantes: Como os brincos de pérola de Marilena despertam o ciúme de Antenor. Uma mulher envelhece 20 anos de um dia para o outro. Tetê descobre um segredo de família ao arrumar o armário. Lili faz um pedido estranho à amiga: quando eu morrer vista o meu cadáver. Que fim levou o jovem casal apaixonado que se despedia aos beijos no portão de casa? Sejam longos ou tenham apenas alguns parágrafos, os contos de Helena T. são sempre desconcertantes, retiram a máscara para revelar a nudez dos personagens, as expressões humanas que estão ocultas por medo, preconceito ou inocência. As ilustrações do artista Eduardo Pupa colaboram para o clima de mistério e de surpresas. Para leitores que gostam de conhecer personagens marcantes e surpreendentes.

A escritora

Helena T. revela-se através de seus personagens, e torna-se uma incógnita para seus leitores ao assinar seu nome com um simples T. de tímida, travessa, transparente, teatral, jamais tediosa. Transportar-se para as páginas de “Máscara para um rosto nu” é mergulhar em um mundo onírico e dramático.

MÚSICA – POESIA
R$ 20,00

Compre pelo PagSeguro, clicando no botão acima!
Ou se preferir comprar pela Amazon, clique no botão abaixo!

Compre o livro MPB - Versos Para Sua Prosa na Amazon

Auditor transforma paixão pela MPB em livro e rememora frases de grandes letristas brasileiros Consuelo de Paula, Cristina Saraiva, Guilherme Rondon, Juca Novaes, Reynaldo Bessa, Sérgio Natureza e Zambinha. Nomes desconhecidos…

MPB - Versos Para Sua Prosa

Título: MPB – Versos Para Sua Prosa
Seleção: 
Raul Corrêa da Silva
Gênero: Música
Ano: 2005
Edição: 1ª
Nº de páginas: 181 páginas
Formato: Bolso
Acabamento: Capa Dura
ISBN: 8598927066
Preço: R$ 20,00

2006 em Verso e Prosa

Auditor transforma paixão pela MPB em livro e rememora frases de grandes letristas brasileiros Consuelo de Paula, Cristina Saraiva, Guilherme Rondon, Juca Novaes, Reynaldo Bessa, Sérgio Natureza e Zambinha. Nomes desconhecidos do grande público, mas que, com suas letras, ajudaram a construir a rica história da música popular brasileira. Agora, esses compositores dividem espaço com figuras consagradas como Chico Buarque, Belchior, Walter Franco e Ivan Lins no livro MPB: Versos para sua Prosa, da Editora Degustar.

O responsável por essa reunião inédita não é um crítico cultural tampouco um profissional da área. Entusiasta da MPB, o auditor e consultor empresarial Raul Corrêa da Silva dedicou três décadas à formação de um acervo com mais de 5 mil títulos e 55 mil canções. Há dois anos, a paixão o despertou a iniciar uma pesquisa jornalística e selecionar 365 versos – de cerca de 3 mil compositores – que mais lhe marcaram. “Sempre me inquietou o fato de a música normalmente se sobrepujar à letra na memória dos ouvintes. Quero homenagear nossos poetas, capazes de extravasar verdadeiros ensinamentos e sensações de amor ou angústia em suas letras”.

Para Corrêa, o livro tem pérolas gravadas uma única vez e os intérpretes brasileiros precisam ter acesso a esse material para montar seu repertório. “Assim, a obra pode proporcionar um ganho emocional e financeiro a todos os profissionais atuantes na indústria fonográfica”, avalia.

O resultado é uma coletânea eclética, com algumas frases acompanhadas de bem humoradas ilustrações. De Noel Rosa e Vadico (Com que Roupa?) a Zezé di Camargo (É o Amor), passando por Sá e Guarabyra (Pássaro). Também estão presentes sucessos como Asa Branca, de Luiz Gonzaga e Humberto Teixeira, e Vitoriosa, de Ivan Lins e Vitor Martins (Quero toda sua pouca castidade). “Encontrei letras dos anos 20 aos dias atuais. E os artistas, editoras e gravadoras entenderam a proposta e deram amplo apoio ao projeto”.

A obra funciona ainda como um verdadeiro teste de conhecimento sobre a MPB. Quem é Tavito, por exemplo? Poucos sabem que ele é um grande compositor e dividiu com Zé Rodrix a autoria de Casa no Campo, eternizada na voz de Elis Regina. “Muitas pessoas vão constatar que nunca associaram aquele verso à melodia ou mesmo a seu autor”, avalia Corrêa.

Histórias de vida

“Desde quando sorrir é ser feliz? Cantar nunca foi só de alegria, com tempo ruim todo mundo também dá bom-dia”. O verso de Palavras, do primeiro trabalho de Gonzaguinha, remete a uma passagem inusitada na vida do autor nos anos 70, quando os artistas conviviam com o risco iminente de censura do disco logo após o lançamento. “O álbum foi realmente apreendido dias depois de chegar às lojas. Descobri que nem Gonzaguinha tinha essa relíquia. Decidi então presenteá-lo com o LP”, revela.

Corrêa, aliás, apostou recentemente em uma incursão no universo musical, atuando como produtor de Contra-Ataque, de Carlinhos Vergueiro. E também se arriscou a compor Duas Faces, em parceria com Tato Fischer e Zé Edu. Seu verso publicado reflete um pensamento do autor: A vida é simples para quem segue a regra que o mundo dá. “Mesmo depois de dias estafantes e reuniões com clientes, aproveitei as horas vagas para fazer de uma paixão uma obra acessível a todos”, conclui.

R$ 20,00

Compre pelo PagSeguro, clicando no botão acima!
Ou se preferir comprar pela Amazon, clique no botão abaixo!

Compre o livro MPB - Versos Para Sua Prosa II na Amazon

Aficionado por MPB lança livro com versos geniais de nossos melhores compositores. Algumas canções nos fazem lembrar imediatamente de fatos ou pessoas que marcaram nossa vida. Mas sabemos quem são os autores destas letras…

MPB - Versos Para Sua Prosa II

Título: MPB – Versos Para Sua Prosa II
Seleção:
 Raul Corrêa da Silva
Gênero: Música
Ano: 2009
Edição: 1ª
Nº de páginas: 181 páginas
Formato: Bolso
Acabamento: Capa Dura
ISBN: 978859892712-1
Preço: R$ 20,00

Você conhece essa música?
Aficionado por MPB lança livro com versos geniais de nossos melhores compositores.

Algumas canções nos fazem lembrar imediatamente de fatos ou pessoas que marcaram nossa vida. Mas sabemos quem são os autores destas letras, ou somos capazes de recitá-las corretamente? Ou então, ao ouvirmos uma frase solta, conseguimos identificar quem escreveu e de qual música ela foi extraída? A grande maioria das respostas certamente é não. No entanto, pelo menos 365 dessas perguntas poderão ser respondidas no mais novo lançamento da Editora Degustar, o livro “MPB Versos para sua Prosa II”, de Raul Corrêa da Silva.

Depois de meses de pesquisa, o autor extraiu frases reflexivas e poesias das mais variadas canções de diversos compositores. Como aficionado por MPB, Corrêa navega por pequenos fragmentos das letras. Mostra o quanto são fantásticos versos de compositores, sejam eles bem populares, refinados ou ícones da música brasileira de períodos. Você encontrará músicas de Cartola, Dona Zica, Sivuca, Chico Buarque, Sueli Costa, Paulinho Tapajós, Dolores Duran, Vicente Celestino, João Bosco, Lobão, Dalva de Oliveira, Cazuza, Dorival Caymmi, entre muitos outros.

“Nossos compositores sempre colocam a emoção e a experiência de suas vidas nos versos. Foi isso que tentei extrair. Versos que nos levam à identificação e à reflexão”, conta Corrêa que não é um crítico cultural, nem um profissional da área musical e sim é um empresário, auditor e consultor de empresas, que já chegou até a produzir alguns discos.

Em 2006, Corrêa lançou, também pela Editora Degustar, a primeira edição de “MPB Versos para sua Prosa”, após uma pesquisa de dois anos. “Sempre me inquietou o fato de a música normalmente se sobressair à letra na memória dos ouvintes. A minha intenção é homenagear nossos poetas, capazes de extravasar verdadeiros ensinamentos e sensações de amor ou angústia nas letras”, completa Corrêa.

A pesquisa e seleção do autor teve como base seu acervo com milhares de LP´s, cd´s e fitas reunidos ao longo de mais de 35 anos. O resultado é uma coletânea eclética, com algumas frases acompanhadas de bem humoradas ilustrações de Rafael Melandi. Estão presentes sucessos como Travessia (Milton Nascimento), Admirável gado novo (Zé Ramalho), Corinthians do meu coração (Toquinho) e A canção tocou na hora errada (Ana Carolina).

R$ 15,00
SOLICITE SEU EXEMPLAR

[contact-form-7 404 "Não encontrado"]

69 (que número!) pequenos poemas no estilo dos hai-kais japoneses que descrevem e comentam o amor ao longo da vida. Cada etapa da vida amorosa é associada a uma estação do ano: o despertar, à primavera; o apogeu, ao verão…

69 Cantares Orientais

Título: 69 Cantares Orientais
Autor: Jobert de Melo
Gênero: Poesia Erótica (haikais)
Nº de páginas: 104
Formato: 12 X 12 cm
Preço: R$ 15,00

O livro
69 (que número!) pequenos poemas no estilo dos hai-kais japoneses que descrevem e comentam o amor ao longo da vida. Cada etapa da vida amorosa é associada a uma estação do ano: o despertar, à primavera; o apogeu, ao verão; a maturidade, ao outono, o declínio, ao invermo. Sutis, alguns, mais provocantes, outros, todos eles plenos de amor e de erotismo. Um livro que celebra e canta o amor, acompanhado por delicadas e sugestivas ilustrações.

A história do livro
Lançado inicialmente numa edição privada, é agora colocado ao alcance do público através da DeGustar.

O que se diz

“[Os Cantares] são sutilmente eróticos, admiravelmente concisos e perfeitos, e surpreendentes nos seus conceitos. Na primeira leitura nos arrebatam, na leitura em voz alta a melodia dos versos nos encanta,na leitura a dois se suspira, voltam-se as páginas e ao final se anseia pelo próximo livro.”
Maria Célia Furtado

O autor
Jobert de Melo é o pseudônimo com que o autor assina toda a sua produção poética de natureza erótica.

MATERNIDADE
R$ 3,99
Versão e-book Kindle à venda exclusiva na Amazon
Compre o e-book Kindle Mãe é mãe na Amazon

Em Mãe é Mãe, Judith Brito conta suas ricas experiências de vida como mulher, mãe e profissional. Vivências enriquecidas pela singularidade de suas experiências de maternidade na juventude e na maturidade…

E-book Kindle "Mãe é mãe: Experiências da maternidade na juventude e na maturidade"

Título: Mãe é mãe
Subtítulo: Experiências da maternidade na juventude e na maturidade
Editora: Degustar
Autora: Judith Brito
Gênero: Educação / Criação / Maternidade
Edição: 2ª
Ano: 2020
Número de páginas: 105
Formato livro digital: E-book Kindle
ISBN livro digital: 978-65-990326-1-5
Preço: R$ 3,99

O e-book

A mulher moderna, divida entre o lar e a profissão que escolheu, sofre os conhecidos males da sua dupla jornada de trabalho. Ela, como mãe, se ocupa da educação dos filhos, dos cuidados domésticos, enquanto, fora de casa como profissional, faz frente à dura competição do mercado. Em Mãe é Mãe, Judith Brito conta suas ricas experiências de vida como mulher, mãe e profissional. Vivências enriquecidas pela singularidade de suas experiências de maternidade na juventude – o primeiro filho aos 23 anos de idade – e na maturidade – o segundo, aos 43. É da matéria viva de sua visão sensível que se faz este livro digital, tão provocativo e franco: Judith não esconde detalhes, dúvidas, não cria subterfúgios. Sua escrita bem-humorada e irônica brinca com os preconceitos, tira véus, irmana, humaniza.
Para esta nova edição, de 2020, na versão e-book Kindle, pela Editora Degustar: exceto por poucas correções, Judith manteve os textos como na versão original, embora muitas mudanças ocorreram desde a publicação original em 2004.

A autora

Nascida em Itatiba (SP), em 1958, a autora é formada em Administração Pública pela FGV, com mestrado em Ciência Política na PUC. Trabalhou como pesquisadora em ciência política nos anos 1980. Lecionou na FGV e na ESPM. Trabalha desde 1990 no Grupo Folha, e no Grupo UOL desde sua fundação. Foi presidente da Associação Nacional de Jornal (ANJ).

GASTRONOMIA
R$ 45,00

Compre pelo PagSeguro, clicando no botão acima!
Ou se preferir comprar pela Amazon, clique no botão abaixo!

Compre o livro A Cozinha das Crianças (Esoertas) na Amazon

Este não é simplesmente mais um livro de culinária para crianças. É um livro para crianças espertas, que gostam de aventuras e que ao lançarem-se às mágicas da culinária, entram no universo da Gastronomia Molecular…

A cozinha das crianças (espertas)

Título: A cozinha das crianças (espertas)
Selo: Degustar Gastronomia
Autor: Hervé This
Tradução: José Manoel Bertolote
Gênero: Gastronomia Molecular
Edição:
Ano: 2006
Número de páginas: 130
Formato: 14,5 cm x 21 cm
Miolo: papel reciclado
Acabamento: Brochura
ISBN: 8598927112
Preço: R$ 45,00

O livro

Este não é simplesmente mais um livro de culinária para crianças. É um livro para crianças espertas, que gostam de aventuras e que ao lançarem-se às mágicas da culinária, entram no universo da Gastronomia Molecular, isto é, aprendem como os alimentos se transformam, como agem suas moléculas.

No fundo é ir muito além das receitas, que ao afirmarem – bata as claras em neve – as crianças espertas perguntam-se o que é isso? Por que ocorre? Porque é necessário? Por que as claras precisam ser em neve?? Entram ai as noções de química, de uma forma lúdica e deliciosa. Quer aprender como cozinhar brócolis e manter as folhas verdes? Como fazer maionese sem desandar? Além da receita correta segue a explicação química da transformação molecular.

O autor

Hervé This, é um cientista francês, nascido em Paris, doutor pela Escola Superior de Física e Química. É físico-químico do Instituto Nacional de Pesquisas Agronômicas da França e chefe do Laboratório de Química do Collège de France. Além disso, é conselheiro científico da revista Pour la Science, membro da Academia Nacional de Cozinha e da Academia Nacional do Chocolate e da Confeitaria da França. Para ele o que começou como curiosidade científica virou uma especialização: a química molecular dos alimentos voltada para a gastronomia, que ele batizou de Gastronomia Molecular.

“A cozinha das crianças (espertas)” mostra a descoberta e o contato inicial com o mundo dos átomos, moléculas e suas transformações. Com 130 páginas o livro revela sob a ótica infantil e em tom de brincadeira, receitas e experiências ao alcance de qualquer criança.

R$ 55,00

Compre pelo PagSeguro, clicando no botão acima!
Ou se preferir comprar pela Amazon, clique no botão abaixo!

Compre o livro Manual dos Anfitriões na Amazon

A “ciência gastronômica” nasceu praticamente na França, entre meados do século XVIII e o começo do século XIX. No Manual dos Anfitriões, Grimod de la Reynière se propõe a recuperar as melhores tradições gastronômicas…

Manual dos Anfitriões

Título: Manual dos Anfitriões (Elementos de Civilidade Gastronômica | A Arte de Trinchar Carnes | A Arte de Compor Cardápios)
Selo: Degustar Gastronomia
Autor: Grimod de la Reynière
Tradução: José Manoel Bertolote
Gênero: Gastronomia
Ano: 2005
Edição: 1ª
Número de páginas: 274
Formato: 14 X 21 cm
Acabamento: Brochura
ISBN: 8598957038
Preço: R$ 55,00

O livro

Grimod ensina Anfitriões e Convivas como comportar-se à mesa.

A “ciência gastronômica” nasceu praticamente na França, entre meados do século XVIII e o começo do século XIX. No Manual dos Anfitriões, Grimod de la Reynière se propõe a recuperar as melhores tradições gastronômicas e as boas maneiras à mesa francesas, que tinham sido perturbadas pela Revolução Francesa. Obra de importância basicamente gastronômica, interessa também pelos aspectos históricos, sociais e políticos que cobre, em linguagem finamente irônica com que retrata os costumes de uma época que marcou profundamente todas as que vieram a seguir. É leitura indispensável para se entender o comportamento à mesa de pessoas educadas segundo a melhor tradição européia. Obra concebida em três partes. Na primeira parte apresenta o “código dos deveres recíprocos de Anfitriões e Convivas, mais ligado à Moral e ao uso do mundo do que à Cozinha”. A segunda e terceira partes abordam, respectivamente, A Arte de Trinchar Carnes e a A Composição de Cardápios, estes, sim, mais ligados à culinária que à vida social.

A Arte de trinchar carnes mostra com gráficos ilustrativos como cortar as diferentes carnes de animais, aves, peixes, com elegância e arte. Palavras do Grimod “Podemos comparar o anfitrião que não sabe trinchar carnes e servir, a quem possui uma bela biblioteca mas não sabe ler. Os dois são uma vergonha!”

A arte de compor cardápios define o que se entende por cardápios e como se deve elabora-los, de acordo as estações do ano e o número de convidados.Que tal uma refeição com mais de sessenta pratos!

A história do livro

A Revolução Francesa (ou melhor, o período de Terror que a seguiu) eliminou boa parte dos nobres e senhores que empregavam os melhores cozinheiros, confeiteiros, doceiros e padeiros da época. Subitamente desempregados, os mais espertos destes abriram os primeiros restaurantes e as primeiras confeitarias de Paris e da França. Ao mesmo tempo em que se empenhou em avaliar e classificar esses novos estabelecimentos, (nos Almanaques dos Gastrônomos, publicados de 1803 a 1813), Grimod de la Reynière dedicou-se também, com o Manual dos Anfitriões, lançado em 1808, a educar a nova burguesia emergente em relação às boas maneiras à mesa. Traduzido pela primeira vez no Brasil, esta edição do Manual dos Anfitriões inclui ilustrações e vinhetas do início do século XIX.

O que se diz

Esta obra, citada por Jeffrey Steingarten em seu best-seler O Homem que Comeu de Tudo é, segundo seu autor, uma “obra indispensável a todos aqueles desejosos de oferecer uma boa mesa e de fazer com que os demais façam o mesmo”.

O autor

Grimod de la Reynière (1758-1837) foi o árbitro da gastronomia na França entre 1803 e 1813, e o inventor do primeiro sistema de avaliação e classificação de restaurantes e confeitarias parisienses, precursor direto das notas do Gault-Millaut e das estrelas do Guia Michelin, bem como de todos os que os imitaram.

VIAGENS – FUTEBOL
R$ 30,00

Compre pelo PagSeguro, clicando no botão acima!
Ou se preferir comprar pela Amazon, clique no botão abaixo!

Compre o livro Guia Musardine de Paris Sexy na Amazon

Paris, a cidade que mais atrai turistas de todo o mundo, é uma cidade amorosa por excelência. Além de famosos monumentos, museus, teatros e restaurantes, possui inúmeras atrações direta ou indiretamente ligadas à atividade amorosa…

Guia Musardine de Paris Sexy

Título: Guia Musardine de Paris Sexy
Autor: Equipe coordenada por Yves Le Monnier
Tradução: José Manoel Bertolote
Gênero: Viagens Sexy
Ano: 2002 
Edição:
 1ª
Nº de páginas: 218
Formato: 14 X 21 cm
Acabamento: Brochura
Preço: R$ 30,00

O livro

Paris, a cidade que mais atrai turistas de todo o mundo, é uma cidade amorosa por excelência. Além de famosos monumentos, museus, teatros e restaurantes, possui inúmeras atrações direta ou indiretamente ligadas à atividade amorosa. Desde os mundialmente célebres Lido, Crazy Horse e Moulin Rouge, até centenas de outros locais de espetáculos, de encontros, de curtição menos conhecidos do grande público, mas nem por isso menos interessantes. Este livro reúne, pela primeira vez, uma descrição de quase todos esses lugares, que foram visitados, inspecionados e avaliados por uma equipe de críticos, conhecedores e entendidos desses lugares. As áreas cobertas vão desde espetáculos (com destaque para shows de sexo ao vivo) e passeios, salões de beleza (masculino, feminino, unisex, bisex e outros), lojas de lingerie (idem), compras (sex-shops e livrarias e galerias de arte eróticas), pontos de paquera (hétero, gay e lésbica), até boates hétero, gays, lésbicas, sado-masoquistas e clubes de suíngue. Uma secção cobre os espetáculos em que a participação do público é possível, ideal para os mais afoitos, bem como para voyeurs e exibicionistas, em geral.
A história do livro

A primeira edição do Guide Musardine de Paris Sexy foi lançada em 1999 e esgotou-se tão rapidamente que uma nova foi preparada para a Bienal do Livro de Paris de 2001, onde obteve tal sucesso que já está na terceira edição, tendo já vendido mais de 10 mil exemplares. A DeGustar o lança agora, pela primeira vez no Brasil. A equipe de Yves Le Monnier visitou cada um dos locais mencionados no livro, “degustando” pessoalmente os serviços e produtos ali propostos e oferecidos.

O que se diz

“O Guia Musardine de Paris Sexy desfolha todos os bons endereços de Paris Sexy.”
Le Parisien

“Uma verdadeira lâmpada de Aladim no País das Mil e Uma Noites eróticas.”
L’écho des Savanes

“A publicação explora tudo o que está ligado à sensualidade e ao sexo na capital francesa: estátuas e monumentos com mulheres e homens nus, livrarias especializadas em títulos eróticos , clube de “echangismo”, onde paquerar, saunas, bares para sadomasiquistas, boates gays e até mesmo onde tingir os pelos pubianos.”
Valor Econômico

“Sugestão é o que não falta no Guia de Paris Sexy para uma noite romântica ou marota”
Télérama

O autor

Embora Yves Le Monnier e sua equièpe sejam os responsáveis pelas visitas aos locais mencionados no Guia e pela redação do texto final, o Guia pode ser considerado como uma obra da Musardine, a primeira editora e livraria francesa dedicada exclusivamente à literatura erótica.

R$ 50,00

Compre pelo PagSeguro, clicando no botão acima!
Ou se preferir comprar pela Amazon, clique no botão abaixo!

Compre o livro Corinthians que Vi e Vivi - 1967|1979 na Amazon

A política com Trindade, Matheus e Wadih, a quebra do tabú, a morte de Lidu e Eduardo, a fundação dos Gaviões da Fiel e da Camisa 12, a felicidade dos 4×3 e a tristeza da perda do título de 74, a invasão ao Rio de Janeiro …

Corinthians que vi e vivi - 1967/1979

Título: Corinthians que vi e vivi – 1967/1979
Autor:
 Raul Corrêa da Silva
Gênero: Esportes/Futebol
Ano: 2015
Edição: 1ª
Nº de páginas: 184
Formato: 23 X 30 cm
Acabamento: capa dura
ISBN: 978-85-98927-16-9
Preço: R$50,00

A política com Trindade, Matheus e Wadih, a quebra do tabú, a morte de Lidu e Eduardo, a fundação dos Gaviões da Fiel e da Camisa 12, a felicidade dos 4×3 e a tristeza da perda do título de 74, a invasão ao Rio de Janeiro, o fim do jejum em 77, Rivelino, Sócrates e tudo o mais que um louco do bando pôde ver.”

O livro

O livro descreve o crescimento de um garoto inquieto, que viu sua paixão por um time o formar como profissional. Foi uma desobediência cometida por conta do Corinthians que o fez seguir os passos do pai e tornar-se contador e hoje responder por uma das principais empresas do segmento no País.

As páginas do livro descrevem a formação de um empreendedor nato que, desde cedo, ainda coroinha, já criava estratégias para negociar as melhores opções. Naquele início, eram apenas canetas, mas ali nascia uma habilidade que o ajudaria a alinhavar muitas táticas para desenhar um cenário político que ajudaria a mudar os rumos do time do Parque São Jorge.

Recriado a partir de memórias e amor, com auxilio de um raro acervo histórico, “Corinthians que vi e vivi – 1967/1979”, tem prefácio de Nirlando Beirão e depoimentos a Nirlando, Alex Racciardi e Adriana Braz. É um livro descrito pelo autor como um “lazer para executivos”. Leitura leve que destaca um lado pouco conhecido de um dos principais clubes brasileiros, é obrigatório para corinthianos e horas de ótimo entretenimento para todos os demais amantes do futebol.

O autor

Memórias de um corinthiano empreendedor – Raul Corrêa da Silva remonta sua história de vida com o time do coração e sua formação profissional como contador e hoje presidente da BDO

“Corinthians que vi e vivi – 1967/1979” é um intenso relato histórico da vida de Raul Corrêa da Silva, contador de formação, corinthiano de alma, presidente da BDO -, a 5ª maior empresa de auditoria e consultoria do País e ex-diretor financeiro do time para o qual torce. O autor  vem de uma família de corinthianos. Sua primeira carteirinha como membro do Corinthians se deu ainda aos três anos, quando seu pai transformou a família em sócia do clube. Daí pra frente iniciava uma coleção, que ainda persiste aos anos, não só de carteirinhas, mas de bandeiras, recortes de jornais, documentos e alguns “troféus” conseguidos em batalhas pelo Timão – mas esses de outras cores, notadamente verdes, brancos e tricolores.

A vida de Raul mistura-se com a História do Corinthians. Ainda aos 11 anos, o menino já ficava no Parque São Jorge perto dos mais velhos ouvindo relatos sobre o time e entendendo que nem só de futebol vive um clube verdadeiramente grande. Aos 12, já panfletava para as eleições corinthianas e algum tempo depois se juntava a um grupo de jovens estudantes para fundar aquela que seria a maior torcida do Clube e uma das maiores do Brasil e do mundo, os Gaviões da Fiel. Ali se iniciava seu trabalho como contador, mesmo antes de formado, já que coube a ele ser tesoureiro do grupo.

Detentor da carteirinha número 11 da Gaviões da Fiel, Raul militou para a queda da presidência de Wadih Helou e vitória de Martinez. Fundou a Camisa 12 após divergir com o grupo dirigente por não aceitar apoiar Vicente Matheus, contra o recém eleito presidente. Participou de importantes momentos do time como a Invasão Corinthiana ao Maracanã e também do mítico título de 1977 que tirava o clube de uma fila de 22 anos sem conquistas. Naquele mesmo ano, formou-se contador e começava a ganhar mais espaço na profissão. Iniciava-se aí o distanciamento da política do time, para dedicar-se a profissão e à chegada dos filhos.

Tempos depois, e mais uma vez com o espírito de ajudar sua maior paixão, assume a direção financeira do Corinthians em 2007, cargo que ocupou até o final do mandato, em fevereiro passado, quando decidiu dedicar-se à conclusão desta obra, que começou a ser formada em sua cabeça em 2002.

ARTES
R$ 60,00

Compre pelo PagSeguro, clicando no botão acima!
Ou se preferir comprar pela Amazon, clique no botão abaixo!

Compre o livro O Lobisomem e a Donzela na Amazon

“Na tradição da cultura ocidental, o mito do lobisomem descende da tradição clássica greco-romana, segundo a qual, Zeus transformou Lycaon num lobo, por ter tentado enganar o deus dos deuses…

O Lobisomem e a Donzela

Título: O Lobisomem e a Donzela
Editora: 
Degustar
Autores: 
Enock Sacramento, José M. Neistein, José Manoel Bertolote
Coordenadora/organizadora: 
Maria Célia Furtado
Gênero: 
Obras de Arte Eróticas
Edição:

Ano: 
2019
Número de páginas: 
60
Formato: 
21 cm x 21 cm
Acabamento: 
Capa Dura
ISBN: 
978859892720-6
Preço:
R$ 60,00

O mito

“Na tradição da cultura ocidental, o mito do lobisomem descende da tradição clássica greco-romana, segundo a qual, Zeus transformou Lycaon num lobo, por ter tentado enganar o deus dos deuses, com o propósito de o transformar em devorador de carne humana, mas falhou no seu intento. Na leitura de Porangaba, porém, “a dimensão erótica humana vem expressa pela inter-relação entre um monstro híbrido, o lobisomem, e uma donzela. Embora fantasiosos e não realistas, estes dois protagonistas são apresentados em versões arquetípicas, impessoais, com foros universais. Nessa visão, ambos são símbolos complementares: ele, é a virilidade masculina, violento, feroz, devorador, depredador, de apetite sexual voraz, ilimitado. Ela, o eterno feminino, vítima na aparência, mas cúmplice e colaboradora.”, por José M. Neistein.
O Lobisomem com dentes enormes, falo ereto, e a donzela tímida, sem feições definidas.

O artista

Martins de Porangaba é um pintor, desenhista e gravador brasileiro. Sua obra está representada
em numerosas instituições tais como a Pinacoteca do Estado de São Paulo, Museu de Arte Contemporânea de Campinas, Centro Cívico de Santo André, Divisão de Museus e Arquivos Históricos de Taubaté, Pinacoteca Sambra, Pinacoteca da Prefeitura de Piracicaba, Pinacoteca do Brazilian-American Cultural Institute, Spor 1 Gallery Remisen Brande Dinamarca, Fórum Distrital de Porangaba e em numerosas coleções particulares no Brasil, Alemanha, China, Espanha, França, Inglaterra, Panamá, Portugal, Suíça, EUA, Venezuela e Dinamarca.

O livro

O livro/catálogo “O Lobisomem e a Donzela”, em capa dura, com 60 páginas, lançado pela Editora Degustar, com 21 telas, todas do mesmo tamanho, executadas em tinta acrílica sobre tela preparada, criadas pelo artista especialmente para a exposição e para o livro. Além desta série especial são apresentados outros trabalhos de Porangaba sobre o tema “O Lobisomem e a Donzela”.
Abaixo algumas imagens das obras sobre “O Lobisomem e a Donzela”, criadas por Martins de Porangaba:

Complementam o livro textos de José M. Neistein, José Manoel Bertolote e Enock Sacramento com versões e explicações apresentadas ao longo do tempo. O tema é tratado como uma eterna luta pelo poder, entre o masculino e o feminino, entre o bem e o mal.

Por que ler?

Para os leitores que apreciam obras de arte, que se interessam pelas histórias que alimentam o pensamento, o folclore e a memória popular. São mitos arraigados no pensamento provocando medo, principalmente em noites de lua cheia quando o lobisomem aparece na figura do homem – lobo.

4 Comentários. Deixe novo

  • Angela Maria de Souza
    3 de março de 2021 16:28

    Estou adorando a leitura de “La Cucina”. Um livro intenso em todos os sentidos (na sensualidade, na gastronomia, na descrição dos acontecimentos e lugares, na postura familiar).

    Responder
  • Angela Maria de Souza
    9 de março de 2021 20:02

    Terminei de ler o livro “La Cucina” com a sensação de que a Rosa ficou feliz com a volta do Inglese. Que livro interessante! E depois fui experimentar fazer a receita da caponata da Rosa. Diferente de como eu faço a minha. E não é que deu super certo? Adorei as receitas. Vou fazê-las para experimentar.

    Responder
  • Estou lendo e amando La Cucina.

    Responder
  • O La Cucina deve ser um livro bem interessante!! Quem é o autor??

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Preencha esse campo
Preencha esse campo
Digite um endereço de e-mail válido.

Menu