Manual dos AnfitriõesDeGUSTAR - coisas boas da vidaA História da V.Os Segredos do Amor e de Vênus de Luisa SigeaMPB - Versos Para Sua Prosa II
   
 


 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
   
 
MPB - Versos Para Sua Prosa II
 
 
 
 
 
 
QUEM SOMOS
   
 
A Vida Privada dos Doze Cèsares
   
 

     

Título: A Vida Privada dos Doze Césares
Subtítulo: Monumentos a partir de uma série de pedras e medalhas gravadas em seus reinados
Autor: P.-F. H. d’Hancarville
Tradução: José Manoel Bertolote
Gênero: Literatura Erótica
Coleção: Humanismo Libertino
Ilustrações de época
Ano: 2020 Edição:
Nº de páginas: 255
Acabamento: Brochura
ISBN: 978-65-990326-4-6
Preço: R$ 65,00

Logotipos de meios de pagamento do PagSeguro
 
ampliar capa


O livro

“A Vida Privada dos Doze Césares” consiste em uma série de entalhes romanos antigos cravados em pedras diversas, sobretudo camafeus e medalhas, copiados por Hancarville de peças de coleções particulares e publicados, com comentários do autor.

Esta edição, que apresentamos pela primeira vez no Brasil, é uma tradução integral da edição original de 1780 com notas J. M. Bertolote, e acreditamos que é a primeira tradução desta obra para o português – salvo se existirem edições privadas fora do comércio, e que desconhecemos – traduzida diretamente do original de 1780, existente na Biblioteca Nacional de França (À Caprées, chez Sabellus), exemplar registrada como Enfer 915, que tem como ex-libris o brasão do Conde Albéric de Marcieu, e doado pelo mesmo à BNF em 1938.

“A Vida Privada dos Doze Césares” faz parte da Coleção Humanismo Libertino que a Editora Degustar criou e publicou “A Cazzaria” de Vignale, “Pornólogos I” de Aretino e “Os Segredos do Amor e de Vênus de Luisa Sigea” de Chorier.

As ilustrações estão reunidas em uma série de quadros (é preciso ressalvar que são reproduções de época e, portanto, não tem a qualidade ideal), que representam os prazeres, suas paixões e, sobretudo, sua devassidão. Não há quem ignore até onde chegaram seu luxo e sua depravação e quantos autores escreveram a escandalosa história de suas vidas, e pormenorizaram a corrupção que reinava em suas cortes, a tal ponto que a contemplação destes monumentos permitirá apreciar a excelência do trabalho dos antigos artistas, que, como tantas vezes já se observou, nunca empregaram tanto engenho e arte como nos temas satíricos e eróticos.

Os textos que acompanham as ilustrações são baseados em obras de Suêtonio e Tácito, às vezes satíricos e divertidos.

Indicamos estas “Delícias de Doze Césares” aqueles que desejam conhecer parte da História Romana vivida atrás dos bastidores.

O que dizem

...”um catálogo de obras-primas para o público contemporâneo que reproduz em pormenores as mesmas imagens antigas que aqueceram as artes amorosas da Europa com o estilo clássico. Merece ser preservado, reproduzido e posto à disposição do público”. Amazon

 
 

Copyright © 2006 - 2020 - Editora Degustar Ltda. - todos os direitos reservados - desenvolvido por AC Webdesigner
É proibida a reprodução do conteúdo deste site em qualquer meio de comunicação sem autorização.
HOME FALE CONOSCO Assine nossa Newsletter