Manual dos AnfitriõesDeGUSTAR - coisas boas da vidaA História da V.Os Segredos do Amor e de Vênus de Luisa SigeaMPB - Versos Para Sua Prosa II
   
 
 
 
 
 
 
 
 
   
 
MPB - Versos Para Sua Prosa II
 
 
 
 
 
 
QUEM SOMOS
   
 
A Cazzaria
   
 

     

Título: A Cazzaria
Autor: Antonio Vignali
Tradução: José Manoel Bertolote
Gênero: Literatura Erótica
Coleção: Humanismo Libertino
Ilustrações de época
Ano: 2006 Edição:
Nº de páginas: 100
Formato: 12,5 X 21cm
Acabamento: Brochura
ISBN: 8598927104
Preço: R$29,00

Logotipos de meios de pagamento do PagSeguro
Frete Grátis para todo o Brasil
 
ampliar capa

Dê sua nota para o livro:

O termo

A palavra Cazzaria, em italiano, é um neologismo criado por Antonio Vignali no século XVI. Seu sentido aproximado é "conjunto ou confusão de caralhos".

A própria história da Cazzaria já é um tanto romanesca. Sua primeira edição foi publicada provavelmente em 1530 (data do exílio de seu autor) em 1541. Há, na Biblioteca Nacional de Paris, dois exemplares (Enfer 526 e Enfer 526), provavelmente impressos no século XVI, catalogados em 1800, e outro na Biblioteca Vaticana (códice Caponiano 140), mas nenhum dos três corresponde à descrição da edição original, publicada em Nápolis por Curzio e Scipione Navi, porém sem data nem nome do impressor.

O livro

Os diálogos são brilhantes, mesclando a mais refinada retórica com os termos mais vulgares, num raciocínio muitas vezes absolutamente maluco, precursor de Ionesco, Jarry e de muitos surrealistas, tudo entremeado de citações totalmente falsas e infundadas dos pais da filosofia e da Igreja. De São Tomás de Aquino à Mona Lisa, passando por Aretino, Plínio, Tito Lívio, Ovídio, Apuleio, ninguém, escapa à galhofa de Vignale, façanha da qual, só um verdadeiro erudito da Renascença seria capaz,retrata o espelho da sociedade de Siena, à época do Renascentismo.É um documento social, histórico, cultural e erótico da máxima importância.

O autor

Antonio Vignali de Buonagiunti nasceu em Siena, em 1501 e morreu em 1559, em Milão, onde estava exilado, tendo vivido, portanto, em plena Renascença Italiana. Dedicou-se inicialmente às letras jurídicas e era bastante versado em letras latinas e em vários dialetos peninsulares que precederam o italiano.

 
 

Copyright © 2006 - 2015 - Editora Degustar Ltda. - todos os direitos reservados - Desenvolvimento: Andréia Cândido
É proibida a reprodução do conteúdo deste site em qualquer meio de comunicação sem autorização.
HOME FALE CONOSCO Assine nossa Newsletter